Carnaval 2013

10/2/2013 às 08h15

"Nos sentimos envergonhados", diz diretor do Império da Casa Verde

Ano passado, confusão com integrante deixou escola sem ajuda da prefeitura

Agência Estado

Marsílea Gombata, do R7 com Estadão Conteúdo

Império de Casa Verde ALICE VERGUEIRO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

O diretor geral de carnaval da Império de Casa Verde, Marcelo Casa Nossa, disse ao final do desfile na manhã deste domingo (10) que a escola deu uma resposta ao povo pelo que aconteceu ano passado, quando um dos integrantes da escola esteve envolvido na confusão durante a apuração dos votos em São Paulo.

— A gente se sentiu envergonhado, mas demos uma resposta para o povo com o que conhecemos, que é fazer samba. Para ele, o que aconteceu no ano passado não condiz com o Carnaval. Nos sentimos envergonhados. O problema que aconteceu no ano passado foi de educação.

Casa Nossa ainda lamentou o fato deste ano as regras de apuração terem sido modificadas, após a confusão do ano passado. Para ele, a decisão de fazer fechada a apuração dos votos depois do incidente de 2012 não foi bem dosada, pois deixa de fora "o povo de bem". Neste ano, não será permitida a entrada do público.

Império ignora multa e faz desfile de luxo

Vote: qual foi a melhor escola deste segundo dia?

— Agora é como fazer um Corinthians contra Palmeiras sem público.

Sobre a apresentação de sua escola na avenida, o desfile desse ano foi "de desenvoltura".

— A escola desfilou contente a gente não correu. Trouxemos a mensagem de alegria para o povo. O resultado é Deus que manda, os jurados que mandam.

 

 

 

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
  • Últimas de Carnaval 2013

  • Últimas de Entretenimento

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!