Carnaval 2013 Passista quebra os dois saltos durante desfile da Nenê de Vila Matilde

Passista quebra os dois saltos durante desfile da Nenê de Vila Matilde

Nenê de Vila Matilde abriu a segunda noite de desfiles neste sábado (9)

Passista quebra os dois saltos durante desfile da Nenê de Vila Matilde

Érika Sole mostra os saltos quebrados

Érika Sole mostra os saltos quebrados

Ana Cláudia Barros/R7

A artista Érika Sole, de 41 anos, precisou improvisar durante o desfile da Nenê de Vila Matilde, primeira escola de samba a passar no Sambódromo do Anhembi na noite deste sábado (10). Os dois saltos da passista, que saiu na ala Brinco de Princesa, quebraram no início do desfile.

— Rezei de dá até aqui para não cair e prejudicar a escola. Não deu pra sambar. Eu só enganei.

Ela conta que todo ano desfila no Carnaval de São Paulo. Esta foi a primeira vez que saiu pela Nenê.

— De todas as escolas, essa foi a que mais acolheu. É uma família. Incrível.

Após um ano no Grupo de Acesso, a Nenê de Vila Matilde, uma das mais tradicionais escolas de samba paulistanas, abriu a segunda noite de desfiles neste sábado (9) falando sobre a igualdade. A escola entrou na avenida às 22h50.

Veja mais fotos do desfile da Nenê de Vila Matilde

Jéssica Lopes, conhecida como Peladona de Congonhas, é uma das musas da escola. Ela está estreiando no Carnaval em 2013. Sua fantasia custou mais de R$ 15 mil e é banhada a ouro.

Adriana Bombom, diva da bateria da Nenê, disse estar muito feliz. E contou que se preparou para o desfile como sempre, comendo macarrão e clara de ovo.

A bateria e os carros alegóricos da Nenê de Vila Matilde ganharam um ritmo especial com a participação do Olodum. Logo após o desfile, membros da escola paulistana embarcam para Salvador, onde vão participar no domingo da abertura do carnaval no Pelourinho a convite do bloco baiano.

A ala Canudos foi um dos destaques da história,  que conta com a presença do diretor Zé Celso Martinez. Segundo ele, o convite veio do diretor artístico da escola, Márcio Telles, integrante do Teatro Oficina.

O desfile terminou com 64 minutos, dentro do prazo permitido.

    Access log