R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

25 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Cinema/Notícias

Icone de Cinema Cinema

publicado em 02/06/2011 às 12h25:

Cena extra de Surfistinha
terá Deborah Secco no banho

Sequência de sexo lésbico com a atriz Cristina Lago só existe na versão para TV e DVD

Felipe Maia, enviado do R7 a Los Angeles

Publicidade

A cena de sexo lésbico do filme Bruna Surfistinha, que não apareceu na versão para o cinema, mas vai ser exibida no DVD e na TV a cabo, vai mostrar as atrizes Deborah Secco e Cristina Lago trocando carícias no banho.

O diretor do filme, Marcus Baldini, diz que a sequência foi cortada do longa por questão de tempo e porque poderia ficar deslocada, e não por medo da classificação indicativa - a produção não foi recomendada para menores de 16 anos.

O cineasta conversou com o R7 nos bastidores do Hollywood Brazilian Film Festival, evento que começou nesta quarta-feira (1º), em Los Angeles (EUA), e exibe filmes produzidos no Brasil.

Você conhece o mutante de X-Men pela sombra?

Os Muppets ganha primeiro trailer dublado

Fúria de Titãs 2 se inspira em O Senhor dos Anéis

Baldini diz que os cortes tinham a intenção de deixar o filme, que conta a história real da garota de classe media alta que vira prostituta, mais "musculoso" e consistente para o cinema.

- No cinema existe a preocupação com o tempo de duração com o filme como um todo, então algumas cenas acabaram caindo. Nessa fase de adaptar para a TV você tem uma flexibilidade maior, você fica mais à vontade. Com ou sem essa cena a classificação indicativa seria a mesma.

Na cena, Bruna, vivida por Deborah, troca carícias com a melhor amiga, Gabi, interpretada por Cristina. Baldini diz que sempre achou Gabi "meio apaixonada" por Bruna e que essa questão foi trabalhada durante a preparação das atrizes para o filme.

- Mas, durante a produção, essa questão da tensão sexual entre as duas acabou se perdendo, então a gente tinha o receio de que essa cena ficasse descolada. Nessa nova edição vamos incluir mais cenas que reforçam essa relação da Bruna com a Gabi.

Baldini diz que ainda não há uma data exata para o lançamento do DVD, mas que isso deve acontecer em até um mês.

O filme foi visto no cinema por 2,3 milhões de pessoas, a segunda maior bilheteria entre os filmes brasileiros neste ano, e espera-se que os resultados também sejam bons, mas Baldini já sabe que vai ter de lidar com o problema da pirataria. O diretor diz que, com a chegada do DVD, a pirataria é “incontrolável”.

- Aí dançou, já vem um monte de arquivo. As pessoas não têm noção do dano que isso causa. Às vezes nem é uma versão final, não é meu trabalho e as pessoas assistem pensando que é. Isso é o pior.

Atualmente, o diretor trabalha na adaptação de dois livros para o cinema: O Conto do Amor, de Contardo Calligaris, e Sonho Verde, de Fabio Lamachia Carvalho. E, apesar de o trabalho com o filme Bruna Surfistinha já ter praticamente terminado, Baldini diz que ainda tem contato com a ex-prostituta.

- Outro dia ela me mandou por e-mail o link de um quadro do Tom Cavalcante [Bruna Cachacinha, que é inspirado no filme sobre ela] e rolava de dar risada. Ela acabou ficando próxima.

O jornalista Felipe Maia viajou a convite da LG.

 

Clique e veja as respostas corretas deste quiz

Fique por dentro do mundo do Cinema aqui

Saiba tudo o que rola em Moda, Jovem, Música e muito mais! 

 
Veja Relacionados:  bruna surfistinha, deborah secco, sexo, lésbico
bruna surfistinha  deborah secco  sexo  lésbico 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping