R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Cinema/Notícias

Icone de Cinema Cinema

publicado em 03/09/2011 às 05h42:

Dublado ou legendado? Veja a preferência
dos brasileiros na hora de ir ao cinema

Desde 2008, maioria dos espectadores escolhe versões em português para ver nas telonas

Ana Elisa Faria, do R7*


Publicidade

O comportamento dos brasileiros na hora de ir ao cinema mudou. Se nas décadas de 80 e 90 assistir a filmes legendados era a preferência dos espectadores, nos anos 2000 esse hábito se transformou.

Apesar de não existir nenhuma pesquisa recente sobre o assunto no Brasil, a prova disso é o aumento das cópias dubladas disponíveis nos cinemas. O número, a cada 12 meses, vem crescendo consideravelmente.

Silvia Rabello, diretora da Labo Cine do Brasil, empresa responsável pela legendagem de longas-metragens de distribuidoras como Warner Bros. e Paris Filmes, confirma essa tendência.

- O que notamos nos últimos tempos é que o número de cópias dubladas aumentou significativamente, especialmente para os filmes voltados para os mais jovens.

Ponto que também é ratificado se pegarmos como exemplo a série X-Men, da Fox. O primeiro longa sobre os famosos mutantes das histórias em quadrinhos chegou às telas brasileiras em 2000 apenas com cópias legendadas. Três anos depois, com a estreia de X-Men 2, 9% das cópias já eram dubladas. Este ano, com o lançamento de X-Men: Primeira Classe, 53% das salas exibiram a versão dublada.

A última pesquisa realizada sobre o tema, encomendada pelo Sindicato das Empresas Distribuidoras Cinematográficas do Município do Rio de Janeiro em 2008, também constatou que a maioria das pessoas no país escolhe filmes dublados para ver nas telonas.

De acordo com os dados deste estudo, 56% dos brasileiros compram ingressos para atrações estrangeiras dubladas, contra 37% que preferem as legendadas. O público que não se importa com a versão soma 5%, enquanto 1% das pessoas não quis ou não soube responder ao questionamento.

X-Men: Primeira Classe
X-Men: Primeira Classe chegou às telas do país em junho com 255 cópias dubladas (Foto por: Divulgação)

O dublador profissional Wendel Bezerra, conhecido por emprestar sua voz aos personagens Bob Esponja e Edward Cullen, da saga Crepúsculo, diz que, de fato, seu trabalho cresceu de 2008 para cá.

- Essa demanda aumentou, sem dúvida. Ultimamente, tenho trabalhado todos os dias da semana das 9h às 22h.

Para ele, a mudança da preferência entre obras dubladas e legendadas tem a ver com praticidade e aspectos culturais.

- Acho que assistir a uma versão dublada é um pouco mais cômodo, vamos dizer assim. Você não precisa ficar lendo. Entre as décadas de 80 e 90 havia uma supervalorização do estrangeiro, do que vinha de fora. Era mais “cool”, mais bonito ver legendado. Então, acho que isso foi mudando. Hoje em dia, por exemplo, qualquer criança de dez anos fala inglês. Também tem o fato de que na Europa e nos Estados Unidos a grande maioria dos filmes exibidos é dublada. E essa informação chega até aqui e as pessoas começam a valorizar a língua.

Outros aspectos apontados por Bezerra para essa transformação foram as melhorias na qualidade de som das dublagens e o aumento do número de famosos que aderiram a essa nova seara artística, como a cantora Claudia Leitte (Carros 2) e o apresentador Luciano Huck (Enrolados).

- Antigamente o cinema tinha um som muito ruim e as pessoas não queriam ver os dublados por isso. Hoje em dia a tecnologia melhorou isso também. Atualmente é fácil fazer uma dublagem ficar mais parecida com o original. A glamourização da dublagem também foi um ponto a nosso favor. Quando os artistas começaram a dublar, a divulgação aumentou e foi bom para a classe.

Cecília Lemes, dubladora oficial da personagem Chiquinha, da série de TV Chaves, e da atriz Julianne Moore em filmes como As Horas e Ensaio sobre a Cegueira, acha que nos dias de hoje a propensão pelos dublados seja maior, principalmente, pela facilidade.

- As pessoas querem assistir ao filme e não ler o filme. Para as crianças e para quem tem dificuldades de leitura a versão dublada é a melhor. Muita gente acha que é mais chique falar que prefere ver legendado, mas descobriu-se que a maioria das pessoas assiste mesmo aos longas dublados.

Em um movimentado shopping da zona oeste da cidade de São Paulo as opiniões dos espectadores divergem. O estudante de ciências sociais Pedro Augusto Nunes, 26 anos, não gosta dos dublados.

- Meu negócio é ouvir a língua original do filme. Acho bonito e sempre tento aprender expressões em francês, alemão ou inglês.

Carla Maltano, 31, é médica e conta que raramente assiste a filmes dublados. Ela acredita que “com a dublagem muitas emoções passadas pelos atores originais são perdidas”.

Já o engenheiro aposentado Carlos Santos, 61, prefere os diálogos falados em português em vez da língua original.

- Tenho miopia bastante avançada e, para mim, fica complicado acompanhar as legendas. Acabo perdendo muito da história se tiver que me concentrar na leitura. Por isso, sempre opto pelas versões dubladas.

O que os leitores do R7 preferem?

Contra a maré da pesquisa do Sindicato das Empresas Distribuidoras Cinematográficas do Município do RJ, os internautas do R7 dizem gostar mais dos filmes legendados. Segundo enquete realizada pelo portal, 53,05% dos leitores escolheram a opção legendada como sua predileta. Já 39,87% votaram na versão dublada e 7,08% dos participantes acham que a escolha da versão “tanto faz”.

* Colaborou Carlos Carvalho, estagiário do R7.

Quer saber tudo o que está rolando em A Fazenda? Assista ao vivo!

Saiba tudo sobre as celebridades internacionais no Estrelando

Fique por dentro do mundo do Cinema aqui

Saiba tudo o que rola em Moda, Jovem, Música e muito mais! 

 
Veja Relacionados:  Filmes,dublagem,dublados,legendados
Filmes  dublagem  dublados  legendados 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping