R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 18/07/2012 às 12h27:

“Já estou no clima da Olimpíada”, diz Roberta Piza

Jornalista e âncora da Record fala ao R7 pouco antes de embarcar rumo à capital inglesa

Miguel Arcanjo Prado, do R7


Publicidade

A jornalista Roberta Piza embarca na tarde desta quarta-feira (18) para Londres, Inglaterra.

A apresentadora do Fala Brasil (Record) será uma das âncoras na cobertura exclusiva da Olimpíada de Londres.

Pouco antes de embarcar rumo à capital inglesa, Roberta mostrou ao R7 sete itens indispensáveis que leva consigo para a Olimpíada.

Com a experiência dos Jogos Olímpicos de Inverno de Vancouver-2010 e do Pan de Guadalajara-2011, ela também falou sobre a expectativa para cobrir a primeira Olimpíada de verão. 

Confira abaixo a entrevista exclusiva com Roberta Piza.

R7 - Qual a expectativa para as Olimpíadas?
Roberta Piza -
 A expectativa é muita grande, arrumei a minha mala há cinco dias já. É a primeira Olimpíada de verão que vou cobrir. Estou bastante ansiosa, mas é uma ansiedade boa, uma expectativa boa. E adrenalina tem sempre na profissão, antes de ir ao ar. Todo dia tem adrenalina, e é bom que seja assim. E lá um dia é muito diferente do outro. Cada dia é uma competição em especial, uma prova mais importante. Então é muito dinâmico, é um ritmo alucinado.

R7 - Como é a sua relação com o restante da equipe que vai a Londres?
Roberta Piza
- Todo mundo é muito entrosado. Muitos profissionais entraram neste time, mas digamos que a base já está junta desde Vancouver. Todo mundo se encontra, é muita alegria, muita expectativa. Trabalha-se muito, bem mais do que aqui. Mas como é um ambiente de esporte, como todos estão em uma missão, todo mundo trabalha feliz. Ninguém se importa com as 12 horas ou mais de trabalho. Gravei a chamada com a equipe esses dias e o pessoal se diverte, com liberdades, com brincadeiras, um mexendo com a cara do outro. Está um clima muito legal.

R7 - Todo mundo da Record vai ficar em um mesmo hotel?
Roberta Piza
- São três ou quatro hotéis diferentes, ao contrário de Guadalajara, em que todos ficavam juntos. Lá, a gente brincava que era o hotel dos smurfs, todo mundo de azul por causa do uniforme. A gente se encontrava nos corredores. Em Londres, é uma equipe muito maior, é complicado ficar todo mundo em um hotel só. Mas os apresentadores vão ficar no mesmo hotel. No centro de imprensa, é que a gente vai se encontrar mais.

R7 - Você gosta de cobrir esses eventos esportivos?
Roberta Piza
- Adoro cobrir esporte, comecei no jornalismo por causa do esporte. Cresci em um ambiente muito esportivo, joguei futebol de salão e só parei quando vim para São Paulo. Já estou no clima da Olimpíada de Londres. Tudo é grandioso no mundo do esporte. Uma superação, uma medalha, todo mundo fica fascinado. Esporte é superação, tudo que tem a ver com esporte é fascinante. Recordes, medalhas, vitórias do Brasil são muito bons de ver, mas em Guadalajara, por exemplo, um boxeador pediu a noiva em casamento ao vivo no Fala Brasil, com a medalha de ouro no peito. A gente consegue vibrar com o atleta em diversos momentos. 

R7 - Qual esporte você mais gosta?
Roberta Piza
- Futebol. Joguei futebol de salão, mas também sou apaixonada por basquete e NBA (Liga Norte-america de Basquete), fui mês passado para Los Angeles e assisti a um jogo dos Los Angeles Lakers. Sou fissurada. E adoro tênis, gosto muito de assistir. Estou pensando em uma promessa para depois dos Jogos. Assim que voltar de Londres, quero começar a fazer aulas de tênis.

R7 - Você completa 31 anos no dia 8 de agosto, no meio das competições. Já pensou em como comemorar?
Roberta Piza
- Espero que eu possa comemorar com a conquista de alguma medalha de ouro para o Brasil. Seria muito emocionante.

R7 - Pela primeira vez na história, a Record vai transmitir as Olimpíadas com exclusividade na TV aberta. É um marco. Qual a preparação para o evento?
Roberta Piza
 - Eu cobri o Pan-americano no Rio em 2007, aqui na Record. Desde lá, me aprimorei bastante, assim como a emissora. Cobrimos, além do Pan do Rio, as Olimpíadas de Inverno de Vancouver-2010 e o Pan-americano de Guadalajara no ano passado. Em Guadalajara-2011, a Record mostrou que é capaz de transmitir um evento de bastante qualidade. Neste ano, vai fazer história com as Olimpíadas. E a competição é em Londres, o que dá ainda mais charme ao evento.

R7 - Qual o diferencial da cobertura da Record?
Roberta Piza -
A Record vai abrir a programação para que o Brasil realmente assista de tudo e a todo momento. O público que está em casa vai poder assistir a um grande jogo de vôlei, a uma grande partida de futebol, a uma prova do Cesar Cielo. Claro, sem deixar de transmitir as novelas, os telejornais, mas abrindo um espaço muito grande na programação para que o público assista. Esse é o diferencial da Record e o número enorme de repórteres vai engrandecer ainda mais esse evento. Agora, realmente, é o ápice e a consagração da cobertura da Record em um evento tão grandioso como este.

*Colaborou Ana Paula de Freitas, estagiária do R7

 
Veja Relacionados:  roberta piza, olimpíada de londres, record, fala brasil, tv, famosos
roberta piza  olimpíada de londres  record  fala brasil  tv  famosos 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping