R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 07/01/2010 às 06h00:

“Sempre fui líder de audiência”, diz Chico Anysio

Em entrevista exclusiva ao R7, ele diz que merece mais do que um quadro no Zorra Total

Miguel Arcanjo Prado, do R7

Chico Anysio está com a bola toda. Seu especial de fim de ano, Chico & Amigos, foi o que mais deu audiência à Globo, com 26 pontos de média, número superior que o especial de estrelas tradicionais desta época do ano, como Roberto Carlos (24 pontos) e Xuxa (12 pontos).

Além disso, seus personagens, mesmo após tanto tempo na geladeira – ele não tem programa na emissora desde o fim de 2001, quando a Escolinha do Professor Raimundo foi tirada do ar – demonstraram o mesmo fôlego que tinham em programas como Chico City (1973-1980), Chico Anysio Show (1982-1990) e Chico Total (1995), além da já mencionada Escolinha.

O R7 teve uma conversa com o humorista. Ele revelou o desejo de voltar a ter um programa com seus personagens, mas adiantou que não pretende pedir isso à Globo. Afinal de contas, talento ele já mostrou que tem de sobra. Leia o bate-papo:

R7 – Com seus 26 pontos de média, você deu mais ibope do que especiais clássicos da Globo, como Xuxa e Roberto Carlos. Como se sentiu?
Chico Anysio –
Me senti "roubado", porque neste dia [dia 29], a novela entregou [o ibope] ao programa com 23 pontos. Conseguimos levantar, às 22h30 da noite para 29, o que deu uma média de 26 [pontos]. Mas sem querer ser o rei da cocada preta, eu sempre fui líder de audiência. No único dia em que perdi, quando a Escolinha deu 17 e o SBT com um filme do Schawrzenegger deu 20, o programa foi tirado do ar.

R7 – Você pretende usar o argumento do sucesso do seu especial e correr atrás de ter um programa junto à direção da Globo?
Anysio –
De modo algum. A direção é superior e eu não me vejo com nenhum direito de tentar influenciá-la nas suas decisões. Eles sabem o meu endereço e do que sou capaz. Eles decidirão o que vão achar ser o melhor.

R7 – Os personagens estavam frescos e atuais no ar. Não parecia que haviam ficado tanto tempo na geladeira. Como você conseguiu isso?
Anysio –
Porque estavam felizes de poderem se exibir para o povão, o público para o qual eu trabalho. Eu sou o humorista das classes C, D e E.

R7 – Você chegou a se emocionar nos bastidores ao interpretar outra vez esses personagens? Como eles foram escolhidos?
Anysio –
Eles sempre me emocionam, mas a escolha foi feita pela equipe de redatores e o [Maurício] Sherman [diretor do especial].

R7 - Onde e com quem você viu o especial no ar?
Anysio –
Foi na minha casa, eu, minha mulher e meus dois filhos que moram em Nova York. Foi ótimo, porque eles se divertiram muito. Eu sempre vejo "examinando", é uma coisa diferente do modo como todos veem.

R7 – Você chegou a colocar no seu blog que não sabia qual seria o resultado do programa. Chegou a temer que não desse certo?
Anysio –
A gente sempre teme. Assim como rever os personagens foi algo que o público adorou, podia acontecer de dizerem: "fica fora do ar oito anos e quando volta, vem com a mesma coisa". Mas não podia ser diferente, porque é só isso que eu sei fazer.

R7 - Você precisou fazer alguma pesquisa para retomar os personagens ou nunca perdeu a mão com eles?
Anysio –
O que é isso, companheiro? Como é que um pai vai esquecer que voz tem um filho?

R7 – O programa mostrou que Chico Anysio ainda pode muito. Isso não deu vontade de continuar na ativa?
Anysio –
Eu nunca saí da ativa. A televisão me encostou, mas eu tenho três shows que vou revezando no teatro, viajando pelo Brasil: Eu Conto, Vocês Cantam, Tal Pai, Tal Filho – que eu faço com o André Lucas, meu filho – e Chico.tom, que eu faço com o Tom Cavalcante.

R7 – Em sua última entrevista para o R7, você disse que se a Globo não renovasse seu contrato em 2012, iria para a casa. E hoje, ainda pensa assim? Não pensa mesmo em trocar de emissora, caso a Globo não lhe dê seu programa?
Anysio –
Não há nada que me faça trocar a Globo por qualquer outra emissora. Eu sou global. Ponto.

R7 – Você ficará fixo no Zorra Total?
Anysio –
Já estou.

R7 - Qual personagem vai ficar em 2010?
Anysio –
Alberto Roberto, inicialmente, mas ouço rumores de que querem trocá-lo pelo Justo Veríssimo.

R7 – Não acha que Chico Anysio merece muito mais?
Anysio –
Até acho, mas isto não me ajuda em nada.

Com Pedro Henrique Feitosa

Chico Anysio - Fábio Motta/Agência Estado
Chico Anysio não quer saber de aposentadoria - Foto: Fábio Motta/AE


Veja Relacionados:  Chico Anysio
Chico Anysio 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping