R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 21/03/2010 às 17h35:

Após levar três tiros, Mario Bortolotto lança livro

No Festival de Curitiba, autor diz que não usa tentativa de assassinato para se promover

Miguel Arcanjo Prado, enviado do R7 a Curitiba

Após sobreviver a três tiros de um assaltante em dezembro de 2009, na praça Roosevelt, em São Paulo, o dramaturgo Mario Bortolotto lançou, neste domingo (21), o livro de poemas Um Bom Lugar para Morrer, no Festival de Curitiba.

O escritor negou que o título seja uma estratégia de promoção da obra, baseada no episódio de violência que sofreu.

- Eu já tinha essa capa e esse título bem antes de toda essa história dos tiros. Confesso que cheguei a ficar grilado com o título depois que tudo aquilo aconteceu, mas pensei comigo: que se f...

Bortolotto lembrou que, muito antes de tomar três tiros, ele já tinha o blog intitulado Atire no Dramaturgo. O R7 questionou se ele não acha que o título do página possa ter atraído coisas negativas para sua vida.

- Isso é besteira. Não tem nada a ver. Aconteceu porque tinha de acontecer. Fiz o blog porque queria homenagear o filme Atire no Pianista. Não vou mudar o título coisa nenhuma. Não acredito nesse tipo de coisa espiritual.

Bortolotto afirmou que ainda fará fisioterapia por cinco meses, mas que não terá sequelas. Ele disse, também, que a polícia ainda não conseguiu prender o homem que atirou nele.

- Até agora ninguém conseguiu prender quem atirou em mim.... Fiquei dois dias em coma. Quando acordei olhei e pensei: "ainda estou aqui". Achei estranho estar vivo, após tudo aquilo. Tomei três tiros, cara. Teve um perto do pulmão, outro do coração e outro na coluna. O médico me disse que vou ficar bom logo e que não terei sequela nenhuma. Mas não vou mudar nada do que eu sou. É claro que eu tive aquela coisa de passar um videotape da vida. Mas não tive essa história de repensar tudo que eu deveria ter feito...

O jornalista Miguel Arcanjo Prado viajou a convite do Festival de Curitiba.

 


Veja Relacionados:  Bortolotto, Livro, Festival de Curitiba, Um Bom Lugar para Morrer
Bortolotto  Livro  Festival de Curitiba  Um Bom Lugar para Morrer 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping