R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 20/04/2010 às 09h00:

Audiência de Bela, a Feia cresce 105%

Atores comemoram; especialista aponta novo horário e humor como fatores que ajudaram

Miguel Arcanjo Prado, do R7

A novela Bela, a Feia (Record) deu uma virada e conseguiu afugentar a má fase no ibope de seus primeiros meses. A trama de Gisele Joras, que em seu pior mês, setembro de 2009, marcou 7,2 pontos de média, acumula média de 14,8 pontos neste mês de abril - na parcial até o dia 16. Isso representa um crescimento de 105% na audiência. 

A participação no número de televisores ligados e sintonizados (share) cresceu 126%. Passou de 10,7% em setembro para 24,2 % em abril deste ano.

A reviravolta na audiência começou em janeiro deste ano, quando a trama foi transferida das 20h para as 22h. O público aprovou o novo horário e migrou para o folhetim.

Nilson Xavier, criador do site Teledramaturgia e autor do livro Almanaque da Telenovela Brasileira, destaca a mudança de horário como fator decisivo para o crescimento da trama.

- Sem dúvida alguma, o horário anterior era muito ingrato. A ida para um novo horário ajudou. Mas não foi só isso. Senti também uma melhora significativa no texto. Outro fato que deve ser destacado foi essa mudança da personagem, que ficou bonita e atraiu a curiosidade do público. Eu mesmo não gostava da Bela feia, que achava caricata demais. O fato de ela aparecer bonita agora é um grande chamariz.

O estudioso ainda ressalta o investimento no humor como uma grande sacada.

- A trama no começo era muito chatinha. A Gisele Joras fez muito bem em optar pelo humor. Eu me divirto com a Bárbara Borges [Elvira] e a Laila Zaid [Magdalena]. Antes, não considerava a Bárbara uma atriz, mas agora ela me conquistou. Também destaco o trabalho do André Mattos [Ataulfo] e o do Claudio Gabriel [Nelson].

O elenco comemora a boa fase. Bemvindo Sequeira, que interpreta Clemente, o pai da protagonista Bela, é só sorriso quando o assunto do ibope vem à baila. Ele enfatiza a agilidade de acontecimentos como chamariz de público.

- A nossa Bela é diferente de todas as outras: teve acidente, teve sequestro, teve muita coisa!

O ator afirma que a maior resposta para o sucesso vem das ruas. 

- Outro dia saí pelo Centro do Rio e mal consegui andar. Estava todo mundo me chamando, querendo tirar foto e comentando a novela.

Para a atriz Esther Góes, intérprete de Bárbara, a mãe do vilão Adriano (Iran Malfitano), a conquista da audiência se deve “à cumplicidade conquistada aos poucos junto ao público”.

- A novela é um grande sucesso. E isso se reflete no clima alto astral que impera nos bastidores. Estamos felizes.

Pelo jeito, o público parece concordar com o poetinha Vinicius de Moraes, que em seu poema Receita de Mulher escreveu: “As muito feias que me perdoem, mas beleza é fundamental”. 

Assista, abaixo, ao capítulo de Bela, a Feia desta segunda (19):


Veja Relacionados:  bela, a feia, audiência
bela  a feia  audiência 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping