R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

22 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 01/08/2012 às 04h30:

Conheça Patrícia Costa, a moça do tempo do Jornal da Record

Jornalista mineira se transferiu para SP em 2010 e também é apresentadora da Record News

Miguel Arcanjo Prado, do R7


Publicidade

É ela quem informa o telespectador brasileiro se vai fazer sol ou chuva no dia seguinte. A jornalista e apresentadora Patrícia Costa sabe bem da responsabilidade da missão de ser a moça do tempo do Jornal da Record, bem como a importância de cada informação que ela leva ao público com sua voz grave que contrasta com a beleza de traços delicados.

Se no ar a voz é firme e de sotaque imperceptível, no cotidiano Patrícia conserva, ainda bem, a fala mansa e cativante mineira. 

Natural de Paracatu, no noroeste de Minas, ela é filha da dona de casa Mércia do Carmo Pereira e do comerciante Roberto Márcio da Costa.

Na infância e até o começo da adolescência, pensava que seria médica. Adorava estudar química e biologia e um fez sucesso na feira de ciências da Escola Polivalente de Paracatu. Seu experimento sobre o girassol lhe rendeu até entrevista na TV local. Foi quando foi descoberta.

A linda estudante causou tanto frenesi que logo foi convidada a trabalhar na Rádio Boa Vista FM, onde começou com apenas 14 anos, quando obteve seu registro de radialista.

— Trabalhar na rádio, para mim, com aquela idade, era tudo. Fiquei dois anos como locutora e também como repórter na TV Paracatu.

Aos 16 anos, largou tudo para ir morar em república em Belo Horizonte, onde concluiu o ensino médio e prestou vestibular para medicina e jornalismo. Passou no segundo, que era mesmo sua preferência.

— Meu avô materno, que também se chamava Miguel Arcanjo [fazendo comparação ao nome do repórter], me dizia que tem tantas pessoa não sabem o que querem da vida e que eu, que já sabia, precisava seguir o que o coração diz. Ele foi meu grande apoio.

Veja o ensaio exclusivo de Patrícia Costa para o R7!

Jornalismo em Belo Horizonte

Mas Patrícia não parou quieta. Logo no começo do curso de jornalismo se embrenhou na TV Comunitária de Belo Horizonte. Depois, fez estágio na TV Globo Minas e no jornal O Tempo, e trabalhou na TV institucional da montadora Fiat, até que, em 2000, passou em uma seleção para ser apresentadora do programa cultural Cine Magazine, da Rede Minas de Televisão. Lá, também apresentou também o Jornal do Esporte, no qual dividia bancada com o ex-jogador Dadá Maravilha. Depois, foi ser repórter do Jornal da Alterosa, na afiliada do SBT na capital mineira.

Em 2007, tudo mudou na sua vida. Recebeu um convite do então diretor de jornalismo da Record Minas, Virgílio Abranches, para integrar a emissora. Começou como apresentadora e editora-chefe do Tudo a Ver local. Depois, foi editora de texto do MG Record, que depois apresentou ao lado o jornalista André Vasconcelos.

— Um dia, no fim de 2009, o Virgílio, que já havia voltado para São Paulo, me telefonou e disse: “Você quer vir para São Paulo? Temos uma vaga para moça do tempo e acho que você tem o perfil” Não pensei duas vezes e fiz o piloto da nova previsão do tempo do Jornal da Record em três dias. Estreei em janeiro de 2010.

Com a experiência de quem já havia ido morar sozinha em Belo Horizonte para estudar, Patrícia encarou São Paulo como um desafio semelhante. Sofreu no começo, mas logo se acostumou e contou com a ajuda do GPS para se orientar no caótico trânsito da metrópole. Escolheu morar no bairro Perdizes, por ser próximo à emissora.

— Meus amigos me dizem que sou tão mineira que escolhi um bairro cheio de ladeiras.

Além de cuidar do tempo do principal telejornal da emissora, ela também apresenta na Record News o Direto da Redação, ao lado de João Santos. E também faz o mesmo telejornal sozinha para a Record via satélite.

Público fiel e pão de queijo

O público mais fiel é o de Paracatu, que acompanha, orgulhoso, sua trajetória. Além da previsão, o que o povo lá também comenta seus vestidos, que fazem “um sucesso danado”.

Em São Paulo, tenta se acostumar com o fato de as pessoas não frequentarem as casas umas das outras, hábito forte em Minas.

— Geralmente quando vou em uma festinha na casa de alguém, é porque o anfitrião é mineiro, como o Pedro dos Anjos [editor do telejornal Fala Brasil, vindo também de Belo Horizonte], que sempre me chama.

Sobre o futuro, prefere não planejar.

— Eu nunca pensei que viria para São Paulo. Vai saber o que o futuro me reserva... Prefiro deixar as coisas acontecerem.

Questionada qual é a maior saudade que guarda, ela dá uma resposta, com um sorriso bonito e mineiro.

— Acho que o que me dá mais saudade é a convivência com minha família. E do pão de queijo [risos].

Veja o ensaio exclusivo de Patrícia Costa para o R7! 

Veja Relacionados:  patrícia costa, moça do tempo, jornal da record, entrevista, perfil
patrícia costa  moça do tempo  jornal da record  entrevista  perfil 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping