R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

24 de Novembro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 23/05/2013 às 00h00:

Ellen Rocche defende personagem: “A periguete não é submissa”

“Já estou sendo chamada na rua de Mulher Mangaba”, diz atriz de Sangue Bom

Bruna Ferreira, do R7


Publicidade

Já em sua primeira aparição na novela das sete, Sangue Bom, a personagem de Ellen Rocche chegou “causando”.

Como Brunetty, mais conhecida como Mulher Mangaba, ela já se envolveu com homem casado e fez até barraco.

A periguete está conquistando cada vez mais espaço na teledramaturgia. Suelen (personagem de Ísis Valverde, em Avenida Brasil) conquistou uma legião de fãs. Depois dela, Lurdinha (Bruna Marquezine) e Maria Vanúbia (Roberta Rodrigues) carregaram a responsa de honrar a categoria em Salve Jorge.

"A periguete traz elementos da cultura brasileira", diz especialista

Em entrevista ao R7, Ellen Rocche dá sua opinião sobre o carinho que o público passou a ter por elas.

— É um personagem divertido, excêntrico, que usa do exagero, seja no modo de se vestir ou no seu comportamento. Chama a atenção, pois são mulheres bonitas que adoram exibir o corpo, vivem em busca da fama e da admiração de todos.

Doutor em teledramaturgia da USP (Universidade de São Paulo), Claudino Mayer diz que a função desta personagem é provocar ação na trama.

— Seja para o bem ou para o mal, é um modelo pré-estabelecido, que o autor sabe que o público vai gostar. Ele vai fazer com que ela seja o centro de um conflito. Ela pode até ser a solução. Ou só fazer parte do núcleo cômico mesmo.

Ellen Rocche faz sucesso nas padarias de São Paulo

Ellen Rocche revela: "O funk faz parte da minha vida"

Como a obra é aberta, Ellen Rocche sabe que sua personagem pode tomar qualquer rumo. No entanto, ela vê motivos para conquistar não apenas os homens, mas a mulherada.

 — A periguete oscila entre a aversão e a admiração do público. É um personagem que causa, literalmente [risos]. Apesar de ser tida com mulher objeto, acho que ganhou a simpatia das mulheres porque está superando essa conotação pejorativa e assumindo um lado libertário, de revisão de papéis sexuais, pois a periguete não é submissa.

Robertha Portella, que é a divertida Dafne, em Dona Xepa, novela da Record, acha que sua personagem tem um lado infantil, que chega a ser adorável.

— A Dafne, a Mulher Mangaba, a Suelen, a Darlene [personagem de Deborah Secco em Celebridade] são quase da mesma categoria. Cada uma quer mostrar o corpo para conquistar a fama, mas têm histórias diferentes. Eu desejo o sucesso delas, assim como desejo para a Dafne.

Ellen Rocche está se divertindo com a repercussão de sua personagem, que vai marcar a carreira da atriz.

— Já estou sendo chamada na rua de Mulher Mangaba. As pessoas me veem e já começam a rir, dizendo que gostam dela.

 

 

Rainha, Ellen Roche conta detalhes sobre fantasia:

 

 

 
Veja Relacionados:  ellen rocche, periguete, submissa, novela, sangue bom, robertha portella,dona xepa, famosos, celebridades, televisao, tv, r7
ellen rocche  periguete  submissa  novela  sangue bom  robertha portella  dona xepa  famosos  celebridades  televisao  tv  r7 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping