R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 24/05/2013 às 19h30:

Moranguinho rebate agressões da ex de Naldo: “Ela quer tirar proveito do sucesso"

Em declaração no Facebook, Ellen Cardoso relatou hostilidade de Branka

Do R7


Publicidade

Ellen Cardoso se disse “muito triste” após ver seu nome na polêmica envolvendo Branka Silva, ex-mulher de Naldo, e Pablo, filho do cantor. 

Nesta semana, Moranguinho divulgou fotos dos preparativos de seu casamento com o músico, que acontece no dia 23 de setembro, no Rio de Janeiro. 

Na manhã desta sexta-feira (24), Pablo usou sua página nas redes sociais para atacar a noiva do músico. O adolescente chegou a chamar a ex-funkeira de “prostituta”. 

No início da noite, Ellen Cardoso usou a sua página no Facebook para fazer uma declaração e um desabafo. Em uma extensa carta, a noiva de Naldo relata diversas situações de hostilidade por parte de Branka e resume toda a polêmica por um motivo: dinheiro.

— O filho Pablo esbraveja, após o casamento não vai ter mais direito a nada! O que mostra o real motivo de tudo isso: dinheiro! 

A noiva de Naldo conta, inclusive, que o cantor foi levado a arcar com despesas altas da ex e do filho. 

— Há pouco tempo, ela disse que queria se mudar, queria uma casa maior, uma casa que tivesse palmeiras na frente, vaga para cinco carros, vários quartos. Enfim, fazendo comparações com o que temos. Ela escolheu a casa e a mudança foi feita. 

Em outro momento de seu desabafo, Ellen relata um suposto roubo de Pablo contra o próprio pai. 

— Há meses descobrimos que o Pablo havia pegado a importância de R$ 10 mil da bolsa de seu próprio pai e escondido a importância em uma caixa de remédios em sua mochila. Quando o pai foi repreendê-lo, ele disse que foi a mãe Elizabete (Branka) que mandou pegar o dinheiro, pois a mesma queria fazer um procedimento estético (lipoaspiração). 

Leia a carta de Morantinho na íntegra: 

“Estou muito triste com essa situação envolvendo minha vida pessoal. Mas não necessita ser muito inteligente para perceber que a Srt. Elizete, vulgo Branka Silva, não se queixou em nenhum momento de atitudes cometidas por mim, pois nunca houve. Então, a maneira que ela e seu filho encontraram para me atacar foi um palavreado chulo, de baixo calão, que acredito que sua ignorância não permita que ela saiba que está cometendo contra minha moral. 

Quando conheci meu marido há três anos, ele fazia shows no valor de R$ 800 a R$ 1 mil e o único bem que ele tinha de fato eram dois apartamentos pequenos em uma comunidade. Apartamentos que foram deixados para ela no divórcio. 

Nossa relação trouxe uma grande evidência para meu marido, sendo ele muito dedicado e talentoso. Muitas portas começaram a se abrir, com o aumento do cachê ele imediatamente assumiu uma dívida, comprando um carro para ela e se prontificou a arcar com todas as despesas dela e de seu filho. E até poucos dias ela não trabalhava, sendo assim sustentada por ele, desde academia, tratamento dental, colocação de aparelho, faculdade, cabelo, unhas de porcelana, roupas e remédios. Enfim, até uma TV que queima, ele tem que pagar o conserto. 

Eu, como atual esposa e querendo evitar qualquer tipo de problema, nunca me impus a nada. 

Durante esses três anos, foram muitos ataques. Desde agressão física a ameaças de morte e nunca revidei. Imaginem atender ao telefone e ouvir que você irá aparecer toda retalhada na capa do jornal, que ela iria me encher de tiros, que ela era da favela... Suportei tudo para preservar o relacionamento com Ronaldo, com eu filho. Mas tudo foi em vão. 

Todas as vezes que ela descobria que compramos algo ou vamos fazer uma viagem, ela liga e descarrega um momento de xingamentos e ameaças.

Há mais ou menos dois anos atrás, preocupada com a educação do meu enteado, que não era frequente a escola e já havia sido reprovado duas vezes, passada noites acordado nas ruas e nos bailes da comunidade da Vila do Pinheiro, que ainda não foi pacificada, fui pessoalmente, acompanhada de meu marido, matriculá-lo em um colégio particular. Pagamos a matricula, uniforme e apostilas. Alguns dias depois recebemos o comunicado de que ele não estava comparece às aulas. Quando questionamos o porquê, ele respondeu que sua mãe não o deixava ir à escola. Há dias ela procurou o Ronaldo dizendo que as pessoas estavam rondando a casa dela e que estavam querendo sequestrar o filho dela. Então, imediatamente, colocamos uma equipe de seguranças a paisana durante sete dias e por 24 horas para investigar a situação. Resultado: ela mentia dizendo que tinham pessoas cercando a casa. E tudo foi apurado por profissionais. Tudo não passava de um plano para reivindicar uma casa, alegando que lá não era seguro e ela precisava morar em um condomínio de luxo. 

Há meses descobrimos que o Pablo havia pegado a importância de R$ 10 mil da bolsa de seu próprio pai e escondido a importância em uma caixa de remédios em sua mochila. Quando o pai foi repreendê-lo, ele disse que foi a mãe Elizabete (Branka) que mandou pegar o dinheiro, pois a mesma queria fazer um procedimento estético (lipoaspiração) e induziu o filho ao delito. Isso é ser mãe? Será que ela é a vítima? Será que o problema sou eu? 

Há pouco tempo, ela disse que queria se mudar, queria uma casa maior, uma casa que tivesse palmeiras na frente, vaga para cinco carros, vários quartos. Enfim, fazendo comparações com o que temos. Ela escolheu a casa e a mudança foi feita. Mas agora o discurso mudou. Após descobrir a oficialização do meu casamento, que será no mês de setembro, ela está exigindo que ele compre uma casa para ela no valor de em média R$ 800 mil. Preocupada com os meus direitos como esposa após a oficialização do nosso casamento. E o filho Pablo esbraveja, após o casamento não vai ter mais direito a nada! O que mostra o real motivo de tudo isso: dinheiro! Dai a César o que é César. E o que ele tinha no ato do divórcio foi tudo dado para eles. 

Eu morava em São Paulo, em um imóvel próprio. Num condomínio bem bacana. Vivia em um momento muito bom financeiramente e profissionalmente. A vida profissional do Ronaldo girava em torno do Rio de Janeiro. Então, fechei meu apartamento e fui morar com ele em uma quitinete num bairro simples do Rio. E passei a viver de acordo com as condições dele. Ele só cresceu e hoje se tornou o grande fenômeno que vocês têm acompanhado. Mas aí eu pergunto para vocês: se isso não tivesse acontecido, será que ela estaria armando todo esse barraco? 

Infelizmente, só posso sentir pena. Uma pessoa que vive do passado e em um ato desesperado vai para a imprensa caluniar, mentir e expor nossa imagem para arrancar bens e dinheiro. Isso é lastimável! E pior ainda: fazer do filho uma arma contra o pai. Abalando o garoto psicologicamente. Tudo para satisfazer o seu próprio ego. 

Entendo que ela tenha vivido momentos de dificuldade ao lado do Ronaldo, pois eles eram dois adolescentes quando tudo aconteceu. Mas eu não sou culpada disso. Ele deu a ela e fez por ela o que ele tinha condições naquele momento, mas o tempo passou, as coisas mudaram e ela não tem o direito de nos condenar pelo que sofreu quando eles eram jovens, imaturos e sem condições financeiras. 

Após ser colocada para fora de casa aos 14 anos, ela foi acolhida por uma de minhas cunhadas, que lhe ofereceu casa e comida. E o resultado disso foi um relacionamento precoce e o nascimento de uma criança. 

Ao contrário do que ela diz, ela não foi traída. Em sua entrevista, quando perguntaram se ela havia percebido alguma coisa entre nós, ela responde que não! Porque realmente não havia. O Ronaldo, quando se viu apaixonado por mim, tivemos uma conversa e, após essa conversa, ele resolveu pedir a separação. E me procurar para que, então livro, poderíamos nos aproximar, nos apaixonarmos e fizemos tudo por amor. Família e amor! 

E onde não tem amor, não tem família. Meu marido saiu de um relacionamento conturbado, cheio de brigas, tumultos, separações e até traições de ambas as partes. Detalhes esses que ela se esquece de assumir e revelar, se fazendo assim de vítima e inocente.
Será que se ela não fosse tão inocente e de bom coração, os meus sogros apoiariam e teriam tanto carinho por mim e por nossa união? Será que se eu fosse essa mulher que ela diz que sou, eu teria o carinho, respeito e credibilidade que tenho? Será que meu marido me aceitaria? Será que ele a teria deixado? Se ela é tão boa e eu tão ruim, o que ele está fazendo comigo? 

Desculpa, mas julgar, apontar e caluniar é muito fácil. Difícil é viver o que ele viveu e o que juntos temos passado com os aborrecimentos e ataques de uma mulher sem equilíbrio, que há três anos tira a nossa paz. E hoje quer tirar proveito do sucesso e amor que temos um pelo outro. 

Sem mais, o meu muito obrigada! 

Ellen Cardoso"

VEJA TAMBÉM

Filho de Naldo xinga Moranguinho de "prostituta" 

Moranguinho mostra convite de casamento com Naldo

Naldo marca casamento com Moranguinho

Veja os bafões dos famosos com Fabíola Reipert:


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • O showbiz está a um clique. Quer apostar?
  • As manchetes que mexem com o mundo estão aqui. Informe-se
  • Você ainda paga provedor? R7 Banda Larga é grátis!
  • Curta a página do R7 no Facebook
  • O que os blogueiros do R7 pensam sobre isso? Saiba aqui

     

     

     

     

  •  

     

     
    Veja Relacionados:  moranguinho, ellen cardoso, naldo, tv, famosos, celebridades,
    moranguinho  ellen cardoso  naldo  tv  famosos  celebridades 
     
    Espalhe por aí:
    • RSS
    • Flickr
    • Delicious
    • Twitter
    • Digg
    • Netvibes
    • Facebook
    • Google
     
     
     
     

    Fechar
    Comunicar Erro

    Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

    Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
    Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

     

     


    Shopping