R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 16/01/2012 às 11h07:

Morre Carminha Mascarenhas, avó de Mariana Belém

Cantora estava morando no Retiro dos Artistas, onde será realizado o velório

Do R7, no Rio


Publicidade

Morreu nesta segunda-feira (16), aos 82 anos, Carminha Mascarenhas, mãe de Raul Mascarenhas e avó de Mariana Belém e Rafael Mascarenhas, filho de Cissa Guimarães morto em 2010  em um acidente no Rio de Janeiro.

Socialites de Mulheres Ricas reclamam do nome do programa

Pedro Bial deixa a grosseria de lado e volta a ser gente fina

A cantora estava morando há 1 ano e 8 meses no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro, e foi internada no hospital Cardoso Fontes na última semana. Segundo o próprio Retiro, a morte ocorreu às 6 horas da manhã.

O velório será na capela do local ainda nesta segunda, e o sepultamento está marcado para terça (17), às 10 horas, no cemitério de Pechincha, em Jacarepaguá.

Ao R7, uma funcionária do Retiro informou que Carminha recebia com frequência a visita do filho Raul. O saxofonista, inclusive, já estava a caminho do Rio para participar do velório e enterro da mãe.

Mariana, que deu à luz Laura no final do ano, deixou uma mensagem de carinho em seu Twitter. Infelizmente, Carminha não chegou a conhecer a filha de Mariana. A cantora ainda fez referência ao irmão, Rafael Mascarenhas, morto em um acidente no Rio em 2010.

- Que os anjos recebam, ao lado do nosso anjo Rafa, a minha amada avó Carminha Mascarenhas no céu... Descansa, guerreira, a dor acabou. Te amo.

Fafá de Belém, mãe de Mariana, se solidarizou com a situação e também fez seu registro no microblog.

- Morre Carminha Mascarenhas. Grande expressão da Rádio Nacional, grande figura humana e avó de minha filha @MarianaBelem. A música está triste.

Julinho do Carmo, cabeleireiro e amigo de Carminha, lamentou a perda em conversa com o R7 e destacou a vontade da veterana em conhecer a pequena Laura.

- É uma perda grande também para a nossa cultura. O último desejo dela, que sabia que não ia ser cumprido, era pegar a neta dela no colo. Era o último desejo dela. Ela até comprou presentes para a netinha e pediu para que eu os entregasse.

Segundo Julinho, Carminha tinha muita admiração pelo filho, e estava tranquila com as dificuldades.
 
- Há uns 10 dias, ela me disse que o clico da vida é esse mesmo: a gente nasce , a gente vive e a gente morre. Ela amava muito o filho dela, até o último dia. Era uma mulher sábia, era um gênio da sabedoria.

Carreira

A música entrou na vida de Carminha muito cedo. Quando começou a trabalhar como crooner em um grupo, ela conheceu o pianista Raul Mascarenhas. Da união, nasceu Raul Mascarenhas Jr.

Seu primeiro disco foi lançado em 1953, e dois anos depois, Carminha foi contratada pela Rádio Nacional.

A sua trajetória traz parcerias com grandes nomes da música brasileira. Em 1959, Carminha gravou seu primeiro LP solo que continha a faixa Eu Não Existo Sem Você, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes.

Veja Relacionados:  famosos, celebridades, TV, Carminha Mascarenhas, Mariana Belém
famosos  celebridades  TV  Carminha Mascarenhas  Mariana Belém 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping