R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 07/05/2010 às 12h03:

Pensava que Kiabbo fosse meu amigo, diz Adnet

Humorista diz que declarações de ex-colega ao R7 são “mentirosas” e afetaram sua vida

Renan Truffi, estagiário do R7

Depois de a MTV dizer que nem ela nem o humorista Marcelo Adnet comentariam as acusações feitas pelo comediante Felipe Ricotta, o Kiabbo do programa 15 Minutos, em entrevista publicada pelo R7 no último dia 28, Adnet resolveu, nesta semana, procurar a reportagem do R7 para dar sua versão.

Kiabbo afirmou que Adnet é “um chato”, além de ter acusado o colega de arrogância e de ter sido um dos responsáveis por sua demissão da emissora jovem. 

Enquete: Quem está com a razão: Kiabbo ou Adnet?

Adnet disse ter ficado surpreso ao ler a entrevista. Segundo o humorista, ele achava que Ricotta fosse seu “amigo”. O astro da MTV também afirmou que nunca havia enfrentado uma situação como essa em seus sete anos da carreira como ator, e que só decidiu se pronunciar porque havia na entrevista “uma frase mentirosa”. A tal frase seria: “Eu sou f..., tanto faz quem está do meu lado”.

De acordo com Adnet, as pessoas tomaram como verdade a frase que Ricotta afirmou ter sido dita por ele. Leia a entrevista.

R7 – O que você tem a dizer sobre as acusações feitas por Felipe Ricotta?
Marcelo Adnet –
Eu não tinha me manifestado porque até então eram críticas subjetivas como nos momentos em que ele me chama de chato ou de mandão. Eu aceito críticas. Agora, a partir do momento em que ele abriu aspas para dizer que eu falei “eu sou f... tanto faz quem está do meu lado”, aí fiquei muito chateado, porque eu jamais diria isso, nem de brincadeira. Não acredito que sou f... e também porque acredito que quem está do meu lado faz a maior diferença. O programa Comédia MTV, por exemplo, é um programa novo que aposta na reunião de talentos. De jeito nenhum proíbo as pessoas de fazerem coisas ou mando fazerem tal cena. Agora, esta frase colocada na minha boca é que foi péssima, porque eu sou cobrado por isso. As pessoas na rua, no dia a dia, falam: “pô você expulsou ele de lá, poxa você tratava ele mal?”. Não, não era isso.

R7 – Você queria a demissão dele?
Adnet -
O problema da demissão dele é uma questão entre ele e a MTV. Não tenho nada a ver, simplesmente contracenava com ele. E respeitava muito o Felipe. Tratava com carinho, abria as portas de casa para ele e hoje fiquei muito triste por ver isso acontecendo. Trabalho como ator há sete anos e nunca tinha passado por isso, de alguém que trabalha comigo falar coisas mentirosas a meu respeito. Minha mãe ficou super nervosa com isso, assim como pessoas de dentro da MTV ficaram horrorizadas com esse tipo de declaração. A única coisa que eu quero que as pessoas saibam é que eu nunca disse essa frase e não acredito nisso.

R7 - Ele disse que você queria contracenar com seu amigo Rafael Queiroga no 15 Minutos desde o começo. É verdade?
Adnet -
Quando o Rafael Queiroga foi contratado para o lugar dele, eu nem sabia. Além de atuar, escrever e trabalhar nos bastidores, o Queiroga já estava contratado em 2009, não foi nem uma contratação para tapar buraco, não. Eu não tive nada a ver com a saída do Felipe Ricotta, pelo contrário, banquei a presença dele no início. Jamais tirei ele da MTV ou do programa. Mas ficou uma situação muito chata pra mim, porque as pessoas tomaram isso como verdade, que eu o tratava mal, que eu dizia que sou f... como ele afirmou. Isso é um absurdo! Fiquei chateado como ser humano e como amigo dele. Porque tratei ele como um amigo e jamais esperava que isso fosse acontecer.

R7 - Como assim você bancou a permanência dele no 15 Minutos?
Adnet -
Não quero polemizar mais, não. Bancar no sentido de que quando fui convidado pra fazer um programa aqui eu pedi que colocassem uma pessoa do meu lado, uma pessoa com quem pudesse falar e interagir. Quando o nome dele surgiu, fiquei animado, a MTV também ficou e nós decidimos que ele ficaria fixo no programa. Mas na questão de ele ser "escada" eu não vou nem entrar, porque é uma questão secundária, eu estou aqui trabalhando como funcionário da MTV. Mas nosso relacionamento nos bastidores era normal. Não tínhamos uma relação conflituosa, foi uma surpresa tudo isso. Sempre que posso, falo do trabalho dele na imprensa. Porque era uma vontade dele mesmo seguir a carreira musical, uma coisa que ele me dizia o tempo todo. Quando ele saiu, até pensei que seria bom, pois ele poderia se dedicar a isso. Eu não esperava mesmo que ele me agredisse dessa forma.
 


R7- Como e quando você ficou sabendo da demissão dele?
Adnet -
Na verdade, fiquei sabendo na volta das minhas férias, agora em 2010. Mas, até então, não estava sabendo de nada, porque aqui a gente trabalha muito. Tenho um dia a dia muito corrido, e estava sem descanso há um ano e meio. Tirei dez dias de férias e, quando voltei, ele não estava mais. Não participei desse processo. Se ele teve algum problema com a MTV, não posso meter a colher na relação dele com a empresa. Do meu lado, só fico triste com declarações que me atingiam, coisas que são mentira. Se você quiser, você pode ligar para um diretor que trabalha aqui que também ficou revoltado com essas mentiras, porque as pessoas leem o R7 e as pessoas, quando leem uma coisa na imprensa, tomam como verdade. Fico pensando apenas que ele poderia ter dito isso pra mim e não falar via imprensa. Acho que roupa suja se lava em casa. Critica é positiva, é bacana pra crescer, mas mentira não é bacana.

R7 - Ele disse que não topou trabalhar no Furfles MTV porque o mesmo boicote acontecia com os outros colegas de trabalho. Como é seu relacionamento com o pessoal do Comédia MTV?
Adnet -
O humor é divertido, é legal, mas trabalhamos muito. Programas de humor dão um trabalho imenso. E aqui somos muito amigos, uma superfamília. É uma coisa que eu prezo bastante na profissão em função dessa rotina desgastante. E não tenho pretensão de protagonizar as coisas. Quero dividir o espaço com as pessoas. Por isso, o Comédia MTV tem um elenco tão grande. Lá, as pessoas têm liberdade para fazer o que elas querem. Torço por todos os meus amigos. Inclusive para o pessoal que saiu da MTV e foi fazer o Legendários (Record). Tenho carinho por pessoas como o câmera que saiu daqui para a Record até pelo Mion mesmo, um cara que não tenho um contato imenso, mas já saímos juntos. A gente se respeita. Agora imagina você ler na internet pessoas te criticando por uma coisa que você não fez, inclusive ao contrário do seu perfil, isso que me deixou muito chateado.

R7- Você tem mágoa do Felipe Ricotta?
Adnet -
Não tem mágoa, não, inclusive acreditava que a gente fosse amigo, mas sei lá. Por mim, só queria muito que ele tivesse a humildade de desmentir o que ele falou, mas não tenho mágoas e também não espero que ele desminta. Eu consegui falar com ele depois que li a entrevista e ele falou que deturparam o que ele falou. Mas se é o que está escrito então é o que ele falou e estou respondendo a isso. Não quero saber se é mentira ou não. Sei que não se faz isso com uma pessoa que fez parte da sua vida e nunca te tratou mal. É a primeira vez que tenho de me pronunciar sobre um assunto como esse. Foi bem chato pra mim.

Nota da Edição: Tanto a entrevista dada por Felipe Ricotta quanto esta de Marcelo Adnet foram gravadas.

http://i2.r7.com/15minutos-g-20100416.jpg
Marcelo Adnet agora divide o 15 Minutos com Rafael Queiroga, que substituiu Kiabbo - Foto: Kelly Fuzaro/MTV


Veja Relacionados:  Kiabbo, Marcelo Adnet, MTV
Kiabbo  Marcelo Adnet  MTV 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping