R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Famosos e TV/Notícias

Icone de Famosos e TV Famosos e TV

publicado em 19/03/2010 às 16h29:

Provas de resistência no BBB: Diversão ou tortura?

O R7 ouviu um médico e dois ex-BBBs para descobrir se este tipo de prova é perigosa

Lele Siedschlag, do R7

Prova de resistência é sempre uma complicação para os participantes do BBB. Nesta quinta-feira (18) houve um teste no qual os brothers ficaram expostos durante toda a noite ao calor, chuva e vento artificiais. Para piorar, eles não puderam se alimentar - a não ser com água - a partir de um certo momento da tarde e também não era permitido dormir.

Não é à toa que todos os integrantes ficam estressados, tanto que Anamara, ao saber o que teria de enfrentar, entrou em desespero:

Prova de Resistência

A primeira prova de resistência do BBB10 (Foto: Reprodução)

- Não aguento mais uma prova de resistência.

Os outros participantes tentaram acalmá-la, dizendo que era apenas mais uma prova. Mas será que uma prova de resistência pode ser "apenas uma prova"? Conversamos com Ralf Krause, do BBB9, e Juliana Góes, do BBB8, e com o cardiologista e ortomolecular Fábio Cesar dos Santos, pós-graduado em medicina corpo e mente pela universidade de Harvard, para saber qual é o limite entre diversão e, por que não dizer, tortura.

Ralf, que é atleta, diz que é complicado opinar sobre isso.

- Quando você entra no BBB, já sabe que vai passar por isso. E, bom, você sempre tem a possibilidade de desistir. O BBB é um programa de comportamento misturado com um No Limite. Agora, o Quarto Branco eu achei exagero. Porque o cara pode ser um baita amigo, com comportamento bacana e bom relacionamento com todo mundo, e ser claustrofóbico, por exemplo. Aí ele aperta o botão vermelho porque não aguenta, e é eliminado. Ou seja, é penalizado por ter menos aptidão física, ou ter um tipo de fobia. Na edição de que participei teve uma polêmica, o Ministério Público até investigou essa prova pra ver se não era tortura. Nesta edição, porém, como já era esperado, não teve muito auê.

Juliana Góes desmaiando

Juliana Góes desmaia em uma prova de resistência no BBB9 (Foto: Reprodução)

Juliana, que chegou a desmaiar em uma prova de resistência, ressalta a influência do fator psicológico.

- Todo mundo sabe que o psicológico afeta a imunidade. Na minha prova, a gente tinha que ficar imóvel e um sensor de movimento era preso nos nossos pés. Eu não sabia o grau de sensibilidade daquilo, então eu simplesmente não me mexi. Minha perna formigava, meu joelho doía demais. O corpo começa a dar uns sinais muito loucos. Eu comecei a ficar muito fraca, mas era a época em que o dr. Marcelo estava causando e eu não quis desistir. Desmaiei. Não lembro de nada, mas sei pelo que vi depois: o Marcelo me pegou no colo, me colocou numa espreguiçadeira, ficava falando comigo. E aí entrou uma equipe. Dizem que a Globo demorou pra mandar a equipe de socorro, mas eu realmente não tenho do que reclamar, não.

O R7 descreveu para o cardiologista Fábio Cesar duas das provas do BBB10: a que obrigou Dicesar a correr 20 minutos em uma esteira, sob o sol, e a desta quinta, em que os participantes deviam ficar em pé, depois de algumas horas sem comer, sendo submetidos a chuva, vento, frio e calor extremos, condições determinadas pelo público através da internet.

- Quando você recebe uma carga de estresse, o seu corpo recebe um sinal. Ele deve lutar ou fugir da situação em que foi colocado. O próprio organismo mobiliza a capacidade para responder a essa situação. São muitas substâncias, mas a principal é o cortisol. E nessas horas o organismo mais fraco desenvolverá primeiro uma patologia e desistirá antes. Mesmo que os participantes realizem um check-up antes de serem selecionados, durante o programa eles estão sob estresse emocional, físico, químico. Você interfere em várias vertentes do corpo, e nem sempre um check-up é suficiente. 

E quais os riscos que estas provas acarretam?

- Os riscos vão desde um simples desmaio a um acidente cardiovascular. Às vezes, alguma lesão que não é detectada pelo check-up, ou é nova, pode se desenvolver. Ou então o participante pode ter uma propensão a arritmias. Toda exposição tem que ser progressiva e orientada. Colocar o participante numa prova de superação no nível de estresse que o programa gera é colocar a mão no fogo mesmo.

(Colaborou Vinícius Rodrigues)

 

 

 

 
Veja Relacionados:  bbb, provas de resistência
bbb  provas de resistência 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping