Contratação do goleiro Bruno gera polêmica e indignação pelo Brasil

O Boa Esporte, time da cidade de Varginha (MG), que joga a segunda divisão nacional, é o responsável pelo contrato mais polêmico do futebol brasileiro. O clube acertou com o goleiro Bruno, condenado por sequestrar e matar a modelo Eliza Samudio. Os dirigentes do Boa dizem que a intenção é reintegrar Bruno à sociedade, mas os críticos acreditam que se trata de uma estratégia de marketing para atrair holofotes a qualquer custo para o clube. A volta de Bruno ao futebol foi alvo de protestos, mas o goleiro também vem sendo tietado pelas ruas da cidade. Uma pessoa, em especial, está indignada com a situação. É Sônia, a mãe de Eliza. Ela falou com exclusividade para a Record TV. Acompanhe!

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log