INSS nega auxílio-doença a mulher cega e sem movimentos

Quase metade dos pedidos de auxílio-doença são recusados pelo INSS. É dever dos médicos peritos zelar pelos cofres públicos e impedir que pessoas em condições de trabalhar recebam o benefício indevidamente. Entretanto, muitas injustiças acontecem, como um caso absurdo que o Hoje em Dia exibiu nesta segunda-feira (5). Gabriela sofre de uma doença neurológica desconhecida que a fez perder os movimentos de todo o corpo e ficar cega. Hoje, ela sequer consegue ver ou abraçar a própria filha. Mesmo nessas condições, Gabriela é considerada apta ao trabalho pelo Instituto Nacional de Seguro Social. O marido dela, que teve que largar o trabalho para cuidar da esposa, vive à base de doações. Logo após a exibição da reportagem, o apresentador Cesar Filho, indignado, disparou: "O Brasil não é um país sério".

Veja a íntegra do Hoje em Dia no R7 Play!

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log