Patrulha do Consumidor: INSS nega auxílio-doença de mulher sem movimentos

Gabriela tem uma doença neurológica desconhecida. Ela perdeu o movimento do corpo e ficou cega logo depois que engravidou. Depois da denúncia na Patrulha do Consumidor, o INSS antecipou a nova perícia. Acompanhe!

  • Espalhe por aí:

Últimos vídeos

Todos os vídeos
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico
Video_box_small.ico

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log