Apresentador e Jurados

Apresentador

Ídolos 2012

Marcos Mion

Depois de viver o papel do judeu Max na série Sandy e Junior, Marcos Mion bateu na porta da MTV com uma idéia que viria a ser um grande sucesso na história da emissora: O Piores Clipes do Mundo. Idolatrado pelos jovens, Mion virou mania. Ganhou vários prêmios e ao completar 21 anos foi eleito pela MTV Americana um dos 5 VJs mais influentes da historia da emissora no mundo.

Com apenas 22 anos de idade, comandou o horário nobre diário da Band por três anos, onde marcou época com o Descontrole. De volta a MTV, em 2005, Mion foi responsável pelos programas de maior investimento da emissora como Covernation, no qual surge seu cover Mionzinho, e Mucho Macho (preferido pelo público de 14 e 18 anos, segundo pesquisas). Em setembro de 2008 virou o apresentador que mais comandou VMBs (a maior e mais importante premiação de música do país). Ainda na emissora, apresentou o Descarga MTV e o Quinta Categoria, inicialmente ao lado de Cazé Pessanha. Com a mudança do formato, Cazé se despede e entram Os Barbixas.

No final de 2009 Mion assina com a Rede Record, e em 2010 dá vida ao projeto Legendários, programa pioneiro no formato multiplataforma em rede nacional, voltado à família brasileira, com quadros bem-humorados, como o sucesso Vale a Pena Ver Direito, e matérias consistentes, capazes de agradar a públicos diversos. Além de apresentar, ainda assume o cargo de diretor-geral. Em 2012 se consagra como um dos comunicadores mais versáteis da televisão ao ser convidado para substituir Rodrigo Faro no reality show Ídolos, também na Rede Record.

Jurados

Marco Camargo

Marco Camargo não tem papas na língua, doa a quem doer. Presente em todas as edições de Ídolos na Record, o jurado incisivo ficou conhecido por seus comentários diretos sobre o repertório, timbre, voz, apresentação e presença de palco dos participantes.


É diretor musical da Record e da gravadora e produtora Captain Music. Na emissora, apresentou o especial Coral de Rua e comandou o quadro Estilos dentro do programa Tudo é Possível. Marco Camargo também realiza palestras motivacionais direcionadas ao ambiente corporativo e, ainda em 2010, lançou o livro Descubra o Ídolo que Existe em Você.

Presente na indústria fonográfica desde a adolescência como compositor e produtor musical, ele Já trabalhou ao lado de grandes nomes da música nacional e internacional - e uma das grandes parcerias foi com o rei Roberto Carlos – assinando a produção do CD que vendeu mais de 1 milhão de cópias, conquistando o tão almejado disco de Diamante.


O jurado recebeu dois prêmios Grammy, na categoria de Melhor Produtor, e é membro votante da Academia Grammy e do The Latin Recording Academy, o Grammy Latino. Marco ainda detém recorde sul-americano de vendagens de discos – com a marca de 3,5 milhões de CDs – de um único álbum.

Ídolos 2012

Supla

Supla começou sua carreira nos bares de São Paulo. Com apenas 14 anos, tocava bateria na banda Os Impossíveis, influenciada pelo som dos Beatles e Rolling Stones. Mas foi como vocalista da banda Tokyo que o rockeiro começou a chamar atenção da mídia. Humanos, o primeiro álbum do grupo, teve a participação da cantora alemã Nina Hagen e do professor Cauby Peixoto e o segundo álbum, O outro lado, ganhou grande destaque graças aos hits Metralhar e Não Morrer.


O retorno ao Brasil ficou marcado pelo hit Green Hair (Japa Girl) e o sucesso do álbum Charada Brasileiro, que atingiu a marca de um milhão de vendas nas bancas de jornal. Atualmente, Supla toca com seu irmão, João Suplicy, no Brothers of Brazil. A banda já lançou dois discos, Punkanova e On My Way, participou de diversos festivais, como o Rock in Rio, em Portugal, e o Warped Tour, nos EUA, e já fez 3 turnês pela Inglaterra.


Com 12 discos lançados, um DVD e diversas participações em programas de televisão, filmes e seriados.

Ídolos 2012

Fafá de Belém

Fafá de Belém é dona de uma das mais expressivas vendagens de discos no mercado nacional. Com presença marcada nas paradas de sucesso, Fafá de Belém conquistou o posto de estrela da nossa canção popular. Em 1976, Fafá lançou seu primeiro LP, Tamba Tajá. Seu canto seduziu até os críticos mais contumazes. O álbum seguinte, Água (1977), confirmava todas as previsões: atingiu cerca de 95 mil cópias vendidas.


O amplo leque de sua formação musical está refletido na seleção de seu repertório. Ela já gravou de tudo em sua carreira. Música regional, pérolas do cancioneiro popular, como Que Queres Tu De Mim, de Evaldo Gouveia e Jair Amorim, ou Você Vai Gostar (Casinha Branca) de Elpídio dos Santos. Rock, boleros, ritmos caribenhos, guarânias, afoxé, lambadas, sambas-canções, composições dos grandes nomes da MPB, Marcha-rancho, sertanejo, e muitos outros ritmos.