Jacó nunca escondeu sua preferência por José (Foto: Munir Chatack/Rede Record)

Na última semana da minissérie bíblica José do Egito, Jacó reuniu sua família e anunciou para todos que José seria seu sucessor, contrariando a tradição da época, que dizia que tal privilégio era um direito do primogênito da família.

Por conta disso, Ruben (o primeiro filho de Jacó) ficou revoltado com a decisão do pai. Aliás, não apenas ele, como boa parte da família, incluindo a maioria de seus irmãos e Lia, sua mãe. O curioso é que a primogenitura sempre esteve presente de forma polêmica na vida de Jacó, como explica o livro de Gênesis, na Bíblia.

Esaú e Jacó eram filhos de Isaque e Rebeca. Isaque sempre gostou mais do primeiro, enquanto Rebeca tinha o segundo como seu preferido (Gênesis – Capítulo 25:28). Embora os dois fossem gêmeos, Esaú foi quem nasceu primeiro (Gênesis – Capítulo 25:25). Logo, era o primogênito da família.

Esaú tornou-se caçador habilidoso e vivia percorrendo os campos, ao passo que Jacó cuidava do rebanho e vivia nas tendas (Gênesis – Capítulo 25:27).

Certa vez, quando Jacó preparava um ensopado, Esaú chegou faminto do campo, pedindo um pouco do alimento (Gênesis – Capítulo 25:29). Jacó, esperto, respondeu que daria o ensopado apenas se, em troca, o irmão lhe vendesse o direito da primogenitura. Faminto, Esaú aceitou a proposta.

Passados alguns anos, e tendo Isaque envelhecido tanto que seus olhos ficaram tão fracos que ele já não podia mais enxergar, e sentindo que a morte se aproximava, o patriarca chamou Esaú e disse:

— Pegue agora suas armas, o arco e a aljava, e vá ao campo caçar alguma coisa para mim. Prepare-me aquela comida saborosa que tanto aprecio e traga-me, para que eu a coma e o abençoe antes de morrer (Gênesis – Capítulo 27:1).

Ouvindo as intenções do marido, Rebeca contou as novidades para Jacó e bolou um plano com ele: aproveitando que Isaque estava cego, Jacó iria se vestir como Esaú e receber a bênção do pai no lugar do irmão (Gênesis – Capítulo 27:5).

O plano deu certo e, quando Esaú soube da enganação de Jacó, jurou matá-lo. Com medo, Jacó foi aconselhado por Rebeca a fugir, seguindo para a casa de Labão, seu tio (Gênesis – Capítulo 27:42).