Projeto Umbigo cria treinos para mães com bebês e promove integração de mulheres no pós-parto

Atividade física usa os filhos como "pesinhos" e garante acolhimento no puerpério 

Deborah Bresser, Do R7

Mães e bebês participam de treino no Projeto Umbigo, mais do que uma aula, um espaço de acolhimento para mulheres no pós-parto Reprodução/Facebook

O pós-parto é um momento delicado na vida de qualquer mulher, difícil mesmo.

Há uma demanda absurda, seu corpo ainda está disforme, de um jeito que você não reconhece, há a privação de sono e aquela avalanche de novos sentimentos que afloram com a chegada do bebê.

Imagine, então, encontrar um lugar onde você não só pode treinar para se reencontrar com sua forma física, como usar seu bebê nos exercícios, e ainda poder socializar com outras mulheres que estão passando pelas mesmas experiências?

Assim é o Projeto Umbigo, que nasceu da experiência do casal Pedro Sobral e Marina Sapienza. Ela conta como tudo aconteceu.   

— Meu marido é personal trainer, professor de Educação Física. No meu pós-parto, ele começou a me treinar, e eu levava nossa filha. A mulher do dono da academia também tinha tido bebê e, passamos a treinar juntas, e com as crianças. Com o tempo, várias pessoas foram tendo interesse. É uma fase em que a mulher fica muito reclusa, alguns alunos que tinham sido pais trouxeram as mulheres. Também convidei amigas que fiz em alguns grupos de gestante. Era um horário à tarde, meio ocioso na academia. Não foi uma ideia pré-concebida, foi acontecendo.

O sucesso da turma incentivou o casal a estruturar o Projeto Umbigo, que já tem site, página no Facebook, e está na fase de gerenciar demandas para formação de novas classes. Para Marina, a questão corporal é uma pequena parte do projeto. 

— É muito bom poder treinar em um lugar assim, onde há mulheres que estão com olheiras iguais, e é possível socializar quando está reclusa em casa.

Marina voltou a treinar na quarentena, e a recomendação de Pedro é sempre aguardar a liberação médica. Mesmo quem era sedentária, pode participar e aproveitar essa nova vivencia com o bebê, uma vez que o treino é feito em grupo, mas são respeitadas as necesssidades individuais.

— A mãe no puerpério precisa cuidar do corpo, ele é muito usado, especialmente para quem amamenta. E usar o peso do bebê é muito eficiente, não precisa nem mudar o halteres, eles jã vão ficando mais pesados naturalmente.

O Projeto Umbigo é mais do que uma aula de musculação para mães no pós-parto. Se o bebê está dormindo, a mãe pode treinar sozinha, mas se ele acordar, quiser mamar, brincar, tudo é permitido. A ideia é acolher essa mãe e fazer com que ela possa estar lá, mesmo tendo um bebê pequeno, e tenha chance de conviver com outras mulheres como ela. Veja, no vídeo, um pouco dessa experiência tão generosa. 

 

  • Espalhe por aí:

Comentários

Atenção! Os comentários do Portal R7 são via Facebook, lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor, comentários impróprios podem ser denunciados por outros usuários, acarretando até mesmo a perda da conta do Facebook.
Publicidade
X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!