R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Música/Notícias

Icone de Música Música

publicado em 26/11/2009 às 06h00:

A conturbada história de Ike e Tina Turner

Cantora começou a carreira como backing vocal e se casou com líder da banda

Do R7

A dupla norte-americana de soul music se uniu em 1959. Em pouco tempo, Anna Mae Bullock - que era uma das Ikettes (nome dado as backing vocals do guitarrista Ike Tuner) - se transformaria na vocalista principal.

A cantora se casou com o músico e adotou o sobrenome do marido.

A combinação entre os acordes que mesclavam blues e rock da guitarra de Ike e a voz e a dança sensual de Tina eram a marca do casal.

Entre os anos 1960 e 1970, a dupla dominou o cenário de Rhythm & Blues norte-americano. Além dos EUA, Ike & Tina conquistam a Europa.

I Want to Take You Higher, River Deep - Mountain High, Higher Ground, Honky Tonk Women e I Can’t Stop Loving You são alguns dos hits do casal.

Apesar da excelente parceria musical, Ike era um marido agressivo e batia constantemente em Tina. Cansada das agressões, a cantora se separou do músico em 1976. Ike tentou uma reaproximação com a artista, mas nunca voltaram a se apresentar juntos.

Para continuar a usar o sobrenome do ex-marido, Tina foi obrigada a abrir mão de todo o patrimônio que construiu ao lado dele. A cantora retomou a carreira musical em 1978 e atingiu o sucesso solo seis anos depois, com o álbum Private Dancer. A partir do disco, a artista, aos 45 anos, se consagrou como a Rainha do Rock.

Em 1986, Tina lança sua autobiografia. No livro Eu, Tina: A História de Minha Vida, a cantora escreve sobre seu relacionamento pessoal e profissional com o ex-marido.  O título se tornou um longa-metragem – Tina – A Verdadeira História de Tina Turner – que estreou nas telonas 1993.

Onze anos depois, A Verdadeira História que Nunca Foi Contada Sobre Tina Turner, de Ike Tuner, chegou às prateleiras.

O guitarrista morreu no ostracismo e com muitas dívidas em 2007.

Tina ainda continua fazendo shows pelo mundo.


DISCOGRAFIA SELECIONADA 

Live at Cirkus Krone (1994)
Airwaves (1979)
Delilahs Power (1977)
Sixteen Great Performances (1975)
Live in Paris (1971)
The Great Album (1974)
The Gospel According to Ike & Tina (1974)
Sweet Rhode Island Red (1974)
Strange Fruit (1974)
The World of Ike & Tina Live (1973)
Nutbush City Limits (1973)
Let Me Touch Your Mind (1973)
Feel Good (1972)
What You Hear Is What You Get - Live (1971)
Something's Got a Hold on Me (1971)
Nuff Said (1971)
Workin' Together (1971)
On Stage (1970)
The Hunter (1969)
Her Man His Woman (1969)
Get It Together! (1969)
Fantastic (1969)
Ike & Tina Turner in Person - Live (1969)
Outta Season (1969)
So Fine (1968)
Live! The Ike & Tina Turner Show (1966)
Ike & Tina Turner and the Raelettes (1966)
River Deep - Mountain High (1966)
Ooh Poo Pah Doo (1965)
Ike & Tina Show 2 (1965)
Live! The Ike & Tina Turner Show (1965)
The Ike & Tina Turner Revue Live (1964)
Please Please Please (1963)
It's Gonna Work Out Fine (1963)
Dynamite (1963)
Don't Play Me Cheap (1963)
Festival of Live Performances (1962)
Dance with Ike & Tina Turner & Their Kings of Rhythm Band (1962)
The Sound of Ike & Tina Turner (1961)
The Soul of Ike & Tina Turner (1960)

DVDs SELECIONADOS
The Best of Musikladen (2002)
Ike & Tina Turner (2003)
Live in '71 (2004)

 
Veja Relacionados:  Ike,Tina Turner
Ike  Tina Turner 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping