R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Música/Notícias

Icone de Música Música

publicado em 29/04/2010 às 06h55:

Cansei de ficar gritando, diz Sandy

Cantora diminui o tom de voz e faz álbum mais centrado

Kelly Jamal, do R7

Depois de tanto tons agudos e altos no decorrer de 17 anos de carreira ao lado do irmão Junior, Sandy voltou aos estúdios mais centrada e com a voz mais leve.

Para quem imaginava ouvir em Manuscrito os gritos afinados usados nas canções Imortal, Nada é Por Acaso Inesquecível, entre tantas outras, pode se decepcionar ou até mesmo agradecer. A cantora disse na última terça-feira (27) que estava cansada de abusar da voz.

- Cansei de gritar.

Sandy, que sempre demonstrou sua paixão pelo piano, pensa um dia em ter o instrumento mais próximo de seu trabalho.

- Penso e gostaria de ser uma grande pianista, mas ainda preciso treinar muito. Uso o piano mais para compor, mas só isso.

A estrela até chegou a arriscar tocar piano em público para completar a turnê de despedida da dupla Sandy & Junior, em 2007. Sandy escreveu, cantou e tocou a música Abri os Olhos. Outro instrumento que a "namoradinha do Brasil" usou para dar uma canja foi o violão, em 2002, na turnê Sandy & Junior - Ao Vivo no Maracanã, para a música do Rei Roberto Carlos, Como É Grande o Meu Amor Por Você.

Quando o assunto é pirataria, a cantora tem a consciência de que o mercado negro está mais presente, e que precisa dar um jeito de tentar controlar e até mesmo conduzir a situação. Mas o que a deixou mesmo indignada foi ter ouvido sua primeira música de trabalho solo, Pés Cansados, com uma qualidade ruim.

- Quando ouvi a música daquele jeito, fiquei apavorada. Então, foi quando decidi colocar a canção na qualidade real no meu site. Pelo menos, assim, as pessoas poderiam ouvir a música como ela é.

Sandy assume a vergonha que sentiu ao cantar Power Rangers

Cantando desde os seis anos ao lado do irmão, e fazendo um sucesso atrás do outro, Sandy não está preocupada com o fracasso. Ela está preparada para esta nova fase da sua vida e de sua carreira, independente do que a mídia especializada e do que as pessoas virão a pensar.

- Quero o público que me quiser. Não fiz um álbum pra agradar aos outros. Fiz por mim e espero que as pessoas gostem, claro.

Manuscrito, que será lançado com uma tiragem de 50 mil cópias, conta com 12 faixas, todas consideradas muito emocionantes pela estrela.

- Todas as músicas mostram de mim, mas Ela/Ele e Dias Iguais são duas canções que me emocionam muito.

Quando Sandy volta aos palcos? Bom, isso ela ainda não sabe ao certo, mas para os fãs mais ansiosos, uma turnê pode ser feita para o final do ano.

- Ainda não tenho uma data certa, porque preparar um repertório para uma turnê é complicado. Na minha visão, quando você decide subir num palco, você precisa de pelo menos 1h30 de show e isso pede umas 20 músicas, no mínimo. Então, posso prever que para o fim do ano já tenha algumas datas marcadas.

A cantora também não rejeita interpretar alguns sucessos da extinta dupla em seu repertório solo.

- Tenho algumas músicas que cantei com meu irmão e que gostaria de voltar a cantar. Isso não seria um problema, porque na dupla tinha muito de mim e isso nunca vai mudar.

Veja Relacionados:  Sandy
Sandy 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping