R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

31 de Outubro de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Música/Notícias

Icone de Música Música

publicado em 07/04/2013 às 02h09:

Com show de mais de 3 horas, The Cure mostra que valoriza seu público

Banda de Robert Smith se entregou no palco e empolgou 30 mil pessoas em São Paulo

Felipe Gladiador, R7


Publicidade

Você enfrenta filas e aperto.  Seus pés doem. Você paga caro pelo ingresso.  Talvez chova. Você espera ansiosamente. Mais filas e mais aperto. Não é fácil ver seu ídolo de perto. Vale a pena tanto sacrifício?

Não adianta fazer suspense e te prender até o final do texto. A resposta está nos acordes de Killing an Arab, última música tocada no show que a banda The Cure fez neste sábado (6), em São Paulo. Sim, todo sacrifício vale a pena.

Com apenas 10 minutos de atraso, o roqueiro Robert Smith e sua banda subiram ao palco da Arena Anhembi. Só que aqueles minutinhos não significaram nada, afinal de contas, cerca de 40 músicas foram tocadas ao longo das 3h15 de apresentação. Um verdadeiro presente para os fãs que esperaram 17 anos. A última apresentação do The Cure no Brasil foi em 1996.

O tempo só parece ter feito bem para os roqueiros, que estão cada vez mais afinados e em maior sintonia. Nenhum acorde estava fora do lugar, todos os instrumentos conversavam perfeitamente e Smith continua roubando a cena. O cabelo de Edward Mãos de Tesoura não mudou, a forma física já não é a mesma e a maquiagem está mais sutil, mas a voz envolvente arrepia e consegue ecoar com facilidade para todos os cantos. Nisso ele ainda é aquele descabelado de 20 e poucos anos de idade.

Cerca de 30 mil pessoas se empolgaram ao som de hits como In Between Days e Just Like Heaven, tocados logo no começo da apresentação. Em músicas como Close to Me, Smith fazia danças engraçadas que levavam o público ao delírio, todos gritavam e aplaudiam. Ele apenas sorria e soltava alguns “obrigado”. Não havia tempo para conversas. The Cure estava ali para apenas uma coisa: fazer música. Entregar a um público faminto e carente tudo o que pudessem entregar. E eles entregaram.

Era interessante prestar atenção no público. Crianças, adolescentes, trintões, quarentões, vovôs, famílias inteiras. Roqueiros vestidos de preto da cabeça aos pés, patricinhas e mauricinhos com roupas de grife, moderninhos, uma incrível mistura que prova que a música do The Cure transcende tempo e qualquer tipo de estereótipo. 

E se engana quem pensa que depois de várias horas, o show “desacelerou” e o público desanimou. Muito pelo contrário. Esperto, Smith guardou alguns dos maiores hits para a eletrizante parte final. Boys don’t cry e 10:15 Saturday Night foram as maiores responsáveis por levar o público à loucura, bem como A Forest, tocada um pouco antes. Essa última, aliás, foi um show à parte por conta do público, que batia palmas num mesmo ritmo. De arrepiar!

Mesmo que o show tivesse sido curto, mesmo que não tivesse sido tão animado, mesmo que a chuva tivesse aparecido, mesmo que estivesse mais apertado do que realmente estava. Nada tiraria o brilho daquela apresentação. The Cure fez o que muitos artistas se esquecem de fazer hoje em dia, valorizar o público, fazer tudo valer, devolver cada centavo em forma de música. Os sacrifícios, depois de 3h15, viraram boas lembranças, afinal foram eles que tornaram aquele momento e aquela sensação possíveis.

Veja a lista completa de músicas tocadas:
Open
High
The End of the World
Lovesong
Push
In Between Days
Just Like Heaven
From the Edge of the Deep Green Sea
Pictures of You
Lullaby
Fascination Street
Sleep When I'm Dead
Play for Today
A Forest
Bananafishbones
Shake Dog Shake
Charlotte Sometimes
The Walk
Mint Car
Friday I'm in Love
Doing the Unstuck
Trust
Want
The Hungry Ghost
Wrong Number
One Hundred Years
End
The Kiss
If Only Tonight We Could Sleep
Fight
Dressing Up
The Lovecats
The Caterpillar
Close to Me
Hot Hot Hot!!!
Let's Go to Bed
Why Can't I Be You?
Boys Don't Cry
10:15 Saturday Night
Killing an Arab

 
Veja Relacionados:  The,Cure,São,Paulo
The  Cure  São  Paulo 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping