R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Música/Notícias

Icone de Música Música

publicado em 05/08/2011 às 06h00:

Ingressos de shows sobem quase
o dobro da inflação na década

Maior disposição em gastar para ver o ídolo ajudou na disparada, dizem especialistas

Giselli Souza, do R7


Publicidade

A temporada de shows internacionais mal começou e, de novo, o dilema dos ingressos com preços extraordinários. Mesmo com valores que ultrapassam o salário mínimo (R$ 560), os brasileiros lotam as filas dos estádios, madrugam na internet e se dispõem a pagar quase o dobro que os estrangeiros pagam lá fora para ver o seu ídolo. 

Mas por que tudo está tão caro? Bom, em partes tem a ver com o fato de que o brasileiro tem tido mais grana para se divertir. Por outro lado, os impostos e a aceleração geral nos preços (aluguel mais caro, luz, aumento dos salários dos funcionários) também pesam no bolso dos produtores que apertam o cerco na bilheteria.

Aprenda as letras das suas canções favoritas

Veja como tocar as músicas de que você gosta


Levantamento obtido com exclusividade pelo R7 mostra que tanto os shows musicais, como o teatro e até mesmo o cinema tiveram uma variação de preço superior à inflação em 12 meses entre junho de 2002/2011.

Imposto é quase a metade do valor do ingresso

Meia-entrada equivale a 8 em cada 10 ingressos vendidos no teatro e no cinema

Segundo o economista André Braz, da Fundação Getulio Vargas, responsável pelos dados, o aumento nos preços reflete a maior disposição do brasileiro em gastar com a diversão.

- Existe uma transformação gradual na distribuição de renda das famílias ao ponto de ela interferir nas escolhas dos consumidores. Antes, o brasileiro só gastava com comida e habitação. Hoje, com uma maior distribuição, as pessoas têm tido hábitos que antigamente não tinham, o que inclui pagar R$ 200 em um ingresso de um show de música ou teatro, como ir ao cinema com mais frequência.

Ingressos de dois dígitos

A era dos ingressos de dois dígitos começou em meados de 2000, quando os shows de música, em especial, os internacionais, começaram a passar a marca de R$ 100. Basta lembrar que o ingresso na área VIP do show do Sting na terceira edição do Rock in Rio, em 2001, custava R$ 250, uma “facada” para a época.  Em 2009, o ticket para a mesma área nobre, intitulada hoje de “pista premium”, sai por R$ 500.

Mas por que essa galopada nos preços? Para Danilo Santos de Miranda, diretor regional do Sesc São Paulo, essa época coincidiu com a entrada do Brasil no mercado internacional de show business.

- Houve uma pressão forte de demanda [pessoas querendo ir aos shows] e os produtores viram aqui a oportunidade de aproveitar esse crescimento. Na verdade, aqui no Brasil os shows custam mais caro porque é uma forma de eles pagarem o alto custo das produções nos seus países de origem. O brasileiro paga R$ 500 em um ingresso, coisa que o estrangeiro não faz.

Mas não é só de flores que vivem os músicos. Produzir um show aqui, seja ele musical ou teatral, pode custar quase o dobro que lá fora. Isso porque a parafernália dos equipamentos faz com que os gastos com logística (transporte) tripliquem no país. Fora isso, os gastos com pessoal, que inclui a parte técnica, também pesa bastante.

Para Célia Forte, produtora cultural há 26 anos, o tamanho da produção é o que dita o valor do ingresso. A bilheteria, no entanto, responde por muito pouco do faturamento do espetáculo, já que a meia-entrada responde por 80% dos pagantes.

Saiba mais sobre entretenimento no Laboratório Pop
O Estrelando sabe tudo sobre o mundo dos famosos; veja

- Existem alguns casos onde é permitido que a gente trabalhe com ingressos a preços mais populares. Existem algumas produções que a gente faz só com o dinheiro dos amigos. O aluguel do teatro está mais caro, se antes o proprietário cobrava R$ 10 hoje ele cobra R$ 30. Aumentou o custo dos funcionários, luz, tudo é mais caro hoje em dia.

Veja mais notícias do R7
Faça seu e-mail no R7
Acompanhe o R7 no Twitter
Conheça a cena pop da atualidade
Veja os sites dos programas da Record

 

 

 
Veja Relacionados:  ingressos, shows,preços, inflação
ingressos  shows  preços  inflação 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping