R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Música/Notícias

Icone de Música Música

publicado em 08/02/2012 às 08h54:

Wando era o brega que todo mundo amava

Cantor era um romântico autêntico

Odair Braz Junior, do R7*


Publicidade

"Você é luz, é raio estrela e luar". Quem nunca cantou este verso ou nem brincou com ele não vive no Brasil. Wando morreu aos 66 anos, nesta quarta-feira (8), e leva com ele aquele jeito romântico-brega irresistível e que o transformou num dos cantores mais populares e amados do país.

Wando morre aos 66 anos

Relembre a carreira do cantor

Entenda as causas da morte

O seu lado popular ficou em evidência na mídia durante muito tempo entre os anos 70 e 90. Depois disso, ele ganhou um status de cult e passou a atingir outro tipo de público. Claro, o povão continuava acompanhando Wando, mas um pessoal mais moderninho e letrado também começou a segui-lo. E aí ele foi ganhando fama e suas apresentações passaram a ser folclóricas com calcinhas, pêssegos em calda e um romantismo safado. Mesmo não sendo exatamente um homem bonito, Wando encantava suas fãs que se derretiam por ele. E ele também agradava aos homens, porque era um sujeito boa praça, engraçado, divertido.

Wando teve alguns hits que vão ficar na memória do povo para sempre, como Fogo e Paixão, Moça, Jardim de Amor, Safada, Chora Coração e Gosto de Maçã. Todas com a marca registrada de Wando, cheias de versos pegajosos, falando de amor de um jeito básico e simples e ainda com o estilão brega delicioso que é irresistível. Tanto é que até quem gosta de canções mais "sofisticadas" não consegue escapar. Ou vai dizer que você não se lembra de frases como "Moça eu sei que já não é pura, teu passado é tão forte pode até machucar", "doeu ai, doeu ai, doeu ai, doeu ai", "Chora, coração, chora coração, passarinho na gaiola, feito gente na prisão", entre tantas outras.

Vai ser difícil encontrar outro cantor que faça essa passagem de um lado para outro, que conecte pessoas de classes diferentes. Até existem alguns por aí, mas não exatamente como Wando. Ele fazia tudo de um jeito único e era um dos últimos românticos autênticos da música brasileira.

*Odair Braz Junior é crítico do R7 e suas opiniões não refletem necessariamente as do portal.

 


Veja Relacionados:  wando
wando 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping