22 de Novembro de 2014

Natal 2012

Notícias

publicado em 23/12/2012 às 12h53 :: atualizado em: 23/12/2012 às 13h39

Detentas transformam celas para concurso natalino no Complexo de Gericinó

Vencedoras ganharam tratamento de beleza e quatro ventiladores

Do R7


Publicidade

Enfeites criados a partir de materiais recicláveis, mensagens nas camas, paredes pintadas, anjos humanos, representações de peças, hinos religiosos e um ambiente natalino. Quem imagina encontrar tudo isso em uma prisão? As detentas do Presídio Nelson Hungria, no Complexo de Gericinó, zona oeste do Rio de Janeiro, transformaram as 11 celas para o 3º Concurso Cela Brilhante de Natal, realizado na tarde de sexta-feira (21).

O objetivo era despertar nas internas o espírito natalino. Para isso, as 468 detentas tiveram um mês para pintar e decorar as celas com o material doado pela Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária). A cela E, batizada de Liberdade em Cristo, foi a grande vencedora. As detentas ganharam tratamento de beleza e quatro ventiladores. A segunda colocada foi a cela J, Reconstruir, e a terceira colocação ficou com a cela B, Progresso e Paz.

Todas as 11 celas, julgadas nos quesitos limpeza, organização, disciplina, pintura e criatividade, foram premiadas com ceia natalina completa, um certificado de participação e uma sessão de cinema na unidade com a família.

O júri foi formado pelo subsecretário adjunto de Unidades Prisionais, Sauler Sakalem; pelo coordenador das Unidades Prisionais do Complexo de Gericinó, Marcio Luís dos Anjos Rocha; pela subcoordenadora de Segurança, Cláudia da Silva Dias; pela coordenadora de Inserção Social, Fernanda dos Reis Lopes, e pela diretora da Unidade Materno Infantil, Ana Christina Faulhaber. Durante a apuração dos votos, houve a apresentação do coral Renascer em Cristo, composto por internas da unidade.

A diretora do Presídio Nelson Hungria, Ana Gabriela Rosa Maia, ficou orgulhosa ao ver a dedicação das internas.

— Cada ano que passa fica mais difícil votar porque chegamos cada vez mais perto do nosso objetivo que é promover o espírito natalino entre as internas. As meninas trabalharam muito, todas as celas estão de parabéns! Em cada cela teve algo que me emocionou.

O subsecretário adjunto de Unidades Prisionais, Sauler Sakalem, disse que as internas surpreenderam.

— Fazer o que vocês fizeram é difícil. Com o mesmo tema, todo ano, vocês conseguem surpreender com tamanha criatividade. Acreditamos que as pessoas podem se recuperar. Nós fazemos a nossa parte e as internas fazem a delas.

 
Espalhe por aí:
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!
 
Shopping