• Twitter Created with Sketch.

Paula Jubé faz reflexão sobre bulimia e fortalecimento da fé de Raquel, sua personagem em O Rico E Lázaro

A serva da princesa Shamiran desenvolve o distúrbio ao chegar na Babilônia

Bruna Vichi, do site oficial*

Paula Jubé fala sobre o distúrbio alimentar da personagem Raquel
Paula Jubé fala sobre o distúrbio alimentar da personagem Raquel Reprodução/Record TV

De longe, em anos e perspectiva, a Babilônia ficou marcada como a jóia do mundo antigo. Aproximando-se, é possível enxergar que proporcional à exuberância do reino é o tamanho da dor dos cativos de Jerusalém. Na novela O Rico e Lázaro, ao ser arrancada de sua vida simples para tornar-se serva no palácio de Nabucodonosor (Heitor Martinez), Raquel desenvolve bulimia, transtorno alimentar de compulsão por comida seugida por métodos compensatórios para evitar o ganho de peso.

Com lucidez e consternação, a atriz que interpreta a hebreia, Paula Jubé, sai em defesa da personagem que vem como cativa, perde o pai no meio do caminho e, quando chega na Babilônia, lugar que ostenta beleza, sente as mudanças a seu modo.

— A Raquel começa a comer sem parar, porque é muita comida, muita riqueza e ela se deslumbra, o que a leva a se comparar com as demais mulheres. Ela se sente feia, aí que se nota o começo de uma visão distorcida, porque ela se acha gorda e não consegue se inserir naquela realidade de jeito nenhum. 

Paula se define como uma grande estudiosa da psique humana, o que facilitou sua preparação para viver a personagem. Além de suas pesquisas e grupos na internet, ela conta que o documentário Diário de uma Anoréxica (2008) a chocou pela gravidade dos distúrbios alimentares.  

— Eu gosto muito de poder expressar em personagens essas condições psíquicas, é algo que me interessa bastante, de forma que foi bem bacana. A Raquel é um mega presente e eu gosto muito dela.

Raquel testemunhou o milagre na vida de Mesaque
Raquel testemunhou o milagre na vida de Mesaque Reprodução/Record TV

A resiliência dos cativos hebreus é uma das grandes lições de fé presentes em O Rico E Lázaro. Perdida em um universo desconhecido, Raquel também mergulha em descrença. O atencioso olhar de Paula Jubé para a personagem não deixa escapar:

— Quem tem fé é preenchido por essa força. Como ela não está, ela preenche com comida. No fundo, a fé da Raquel é só de fala.

A busca pela fé e a bulimia estão estritamente ligadas na trama de Raquel. Mesaque (Sacha Bali) consola a hebreia e é o amigo que tenta aproximá-la de Deus

Após a cena da fornalha ardente, nesta quarta-feira (12), os telespectadores puderam perceber o fortalecimento da fé de Raquel. A personagem se dobrou diante da estátua de Marduk e se arrependeu amargamente da atitude. Após testemunhar o milagre na vida de Sadraque, Mesaque e Abednego, a hebreia passou a acreditar que  sua fé é forte e que ela é capaz de vencer seus desafios na trama.

Para saber o destino de Raquel e acompanhar sua luta, fique ligado em O Rico E Lázaro, de segunda a sexta, a partir das 20h40, na Record TV.

* Colaboração de Karoline Alves, estagiária do site oficial

  • Espalhe por aí:

Twitter

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!
Access log
Access log