Cinema Ator argentino Juan Manuel Tellategui estreia nas Satyrianas

Ator argentino Juan Manuel Tellategui estreia nas Satyrianas

Ator de filmes como Pompeya e Las Pistas participa de dois espetáculos no festival de São Paulo

Ator argentino Juan Manuel Tellategui estreia nas Satyrianas

O ator do cinema argentino Juan Manuel Tellategui, radicado no Brasil, participará de duas peças nas Satyrianas 2013

O ator do cinema argentino Juan Manuel Tellategui, radicado no Brasil, participará de duas peças nas Satyrianas 2013

Divulgação

O 14º festival Satyrianas, com 78 horas de arte na praça Roosevelt a partir desta quinta (14) e até domingo (17), em São Paulo, contará com uma participação internacional, vinda diretamente do cinema feito na Argentina.

O ator Juan Manuel Tellategui vai atuar em dois espetáculos no evento paulistano neste fim de semana. Esta é a primeira vez que ele integra a programação das Satyrianas.

Tellategui estará em duas peças. A primeira é Contra o Jazz. Escrita por Viviane Roesil e dirigida por Victor Hugo Valois, a obra conta a história de um músico que tem sua verdadeira personalidade exposta durante uma entrevista. Juan fará o cinegrafista que será testemunha desta revelação. Um dos charmes da montagem é que ela será realizada dentro de um apartamento nos arredores da praça Roosvelt para apenas dez pessoas.

No elenco, ainda estão Asnésio Bosnic, Stella Menz e Anah Laise. As apresentações serão nesta sexta (15), às 14h e às 17h. O ingresso pode ser retirado uma hora antes na bilheteria da SP Escola de Teatro (praça Roosevelt, 210, São Paulo), onde será indicado em qual apartamento acontecerá a peça.

Ao lado do ator paulistano Ed Moraes, Tellategui protagoniza uma segunda montagem nas Satyrianas: Otto, de Marco Keppler, com direção de Aline Negra Silva. O enredo mostra um instigante encontro entre dois homens. A peça será apresentada no sábado (16), às 22h, também na SP Escola de Teatro.

Cinema argentino e brasileiro

Natural de Zárate, Província de Buenos Aires, Juan Manuel Tellategui atuou em longas do cinema argentino, como Pompeya (melhor filme argentino no Festival de Mar del Plata de 2010), de Tamae Garateguy, e Las Pistas (melhor filme de diretor estreante no Festival de Marselha de 2010), de Sebastián Lingiardi (2010), além de vários espetáculos da cena portenha, com Frágil (2008).

Radicado em São Paulo há mais de dois anos, onde estuda teatro, ele se diz satisfeito em estrear nas Satyrianas.

— Estou feliz em ser parte das Satyrianas, este evento tão grandioso onde há espaço para cada um dos que fazem o teatro no Brasil. Em Otto, faço o alter ego de um homem que está envolvido com o tráfico internacional de pessoas; já em Contra o Jazz, faço um câmera que grava e testemunha uma entrevista na qual se revelam as verdadeiras personalidades detrás de um músico.

No cinema brasileiro, Juan já participou do curta Decisões, de Stefan Radkowski e Carolina Kiminami, de 2011. Em breve, vai rodar o longa Pródigo, do cineasta Pedro Lucínio, em São José do Rio Preto (SP), no qual fará o vilão da história. No teatro, atuou neste ano no musical Cabaret, com direção de André Latorre.

A 14ª edição do festival Satyrianas – Uma Saudação à Primavera é realizada entre 14 e 17 de novembro de 2013, com 78 horas ininterruptas de arte na praça Roosevelt, centro de São Paulo. O público paga quanto quiser nas mais de 500 atrações. Conheça a programação completa.



 

    Access log