Spike Lee e Pinkett Smith anunciam boicote ao Oscar por ausência de atores negros

Indicados ao Oscar não contam com artistas negros pelo segundo ano seguido

  • Pop
  • Reuters
Spike Lee: diretor vai boicotar o Oscar por falta de negros
Spike Lee: diretor vai boicotar o Oscar por falta de negros Getty Images

O diretor Spike Lee e a atriz Jada Pinkett Smith, ambos afro-americanos, disseram nesta segunda-feira que vão boicotar a cerimônia de entrega do Oscar no mês que vem porque atores negros ficaram de fora das indicações para o prêmio.

O grupo de indicados ao Oscar por interpretação anunciados na quinta-feira não conta com artistas negros pelo segundo ano seguido. A ausência de indicados afro-americanos levou à retomada da hashtag #OscarSoWhite no Twitter, que apareceu em 2015.

Lee, diretor de filmes como Faça a Coisa Certa e o recente Chi-Raq, de 2015, afirmou que ele fez coincidir o seu anúncio de boicote com o feriado nacional comemorando o líder dos direitos civis morto Martin Luther King.

"Como é Possível Pelo 2° Ano Consecutivo Todos Os 20 Indicados Para A Categoria De Ator Serem Brancos? E Não Vamos Nem Falar Sobre Outras Áreas”, escreveu Lee no Twitter sob a hashtag #OscarSoWhite (Oscar tão branco, em tradução livre).

“40 Atores Brancos Em 2 Anos E Nada de Ginga. Nós Não Podemos Atuar?!”, disse o diretor, que recebeu um Oscar honorário em novembro.

Ele afirmou que a sua decisão de não participar não era um sinal de desrespeito ao mestre de cerimônias Chris Rock, a Reginald Hudlin, produtor do Oscar, ambos negros, ou a representantes da Academia.

Pinkett Smith, que atua em dois filmes da série “Matrix”, também disse que não iria à cerimônia de premiação de 28 de fevereiro.

"Talvez seja a hora de nós pegarmos os nossos recursos, colocá-los de volta nas nossas comunidades, e fazermos programas para nós mesmos que nos reconheçam de maneiras que vemos como próprias, que são tão boas quanto as do chamado mainstream”, disse ela em vídeo veiculado no Facebook.

O marido dela, Will Smith, que estrela um drama sobre contusão no futebol americano, Um Homem Entre Gigantes, e Idris Elba, que interpreta um combatente africano em Beasts of No Nation, são alguns dos atores negros colocados de lado neste ano.

O elenco e diretor negro do filme sobre hip-hop Straight Outta Compton: A História do N.W.A. também ficaram de fora da corrida.

Os comunicados sobre os boicotes se deram depois que a comédia Policial em Apuros 2, estrelando os atores negros Ice Cube e Kevin Hart, tirou Star Wars: O Despertar da Força do primeiro lugar das bilheterias no fim de semana.

Acesse o R7 Play e assista à programação da Record quando quiser

Leia mais:

O Regresso domina o Oscar 2016 e Brasil também está na disputa. Veja todos os indicados ao prêmio!