Rebelde

Publicidade

“Acho que o Artur precisa aprender a relaxar”, diz João Victor Granja

Intérprete de Artuzinho dá entrevista exclusiva e conta tudo sobre sua carreira


publicado em 13/09/2012, às 15h00 :: atualizado em 11/09/2012 às 20h50
Texto: A- A+

Nina Ramos, do R7, no Rio
“Acho que o Artur precisa aprender a relaxar”, diz João Victor Granja, o intérprete do ArtuzinhoReprodução/Rede Record

João Victor Granja já estava no elenco de Rebelde quando a nova turminha chegou para agitar o Elite Way. O ator mirim recebeu os novos colegas de braços abertos e, hoje, a turma formou uma amizade bonita nos bastidores da trama.

O R7 foi conferir a bagunça de perto nos estúdios do RecNov, complexo de dramaturgia da Record, no Rio de Janeiro, e conversou com João. Com 11 anos, o craque coleciona trabalhos no currículo e pretende alçar vôos grandes após a novela.

No papo, João também contou como é trabalhar com Daniel Erthal, que na trama vive seu pai, o professor Artur. O jovem deu dicas para o personagem, falou sobre os outros atores de Rebelde e sobre a banda da novela. Confira na íntegra a seguir!

R7 - Você já estava na trama quando os outros alunos da sua idade chegaram para ajudar a bagunçar o Elite Way. Como você recebeu a nova galera?
João Victor Granja
- Muito bem! Todos são muito legais, simpáticos, atuam muito bem, e eu recebi todo mundo de braços abertos. Alguns eu já até conhecia de teste, e os outros eu conheci agora. Mas todos são legais.

R7 - Vocês já formaram uma amizade legal? Todo mundo se dá bem?
João Victor Granja
- Sim, muito! Parece que a gente já se conhece há muito tempo. A gente brinca nos bastidores, conversa... É tudo bem descontraído. Já jogamos carta, jogo de tabuleiro... Já fizemos até uma twittcam no Twitter no intervalo das gravações.

R7 - Como você faz para gravar e ir bem no colégio?
João Victor Granja
- Eu chego ao colégio umas 7 horas para sair 12h30. Às vezes, o carro da Record me pega no colégio, mas o normal é em casa, umas 15h. Quando tenho pouca coisa de dever de casa, eu espero para fazer em casa. Ou, às vezes, eu levo para as gravações e faço durante a espera entre uma cena e outra. Eu sempre tiro notas boas, e presto muita atenção nas aulas.

R7 - Você já acompanhava Rebelde antes de passar para o teste?
João Victor Granja
- Já sim, eu já conhecia os personagens, já gostava bastante da novela. Já sabia algumas músicas. Agora, então, eu assisto todos os dias.

R7 - Qual é o seu personagem preferido?
João Victor Granja
- Eu gosto de todos. O conjunto é maravilhoso. Todos os personagens têm uma coisa especial. Eles são ótimos.

R7 - E como é contracenar com o Daniel Erthal?
João Victor Granja
- Ah, é muito legal. Ele faz aquelas manias do Artur e eu tenho que fazer igual. A gente é todo arrumadinho, usa óculos. Nós nunca combinamos nada. A gente tem uma química incrível. No primeiro dia de gravação ele já me ensinou algumas coisas do Artur, os jeitos do personagem, e eu peguei de boa, na hora.

R7 - Se você pudesse dar um conselho para o Artur, qual seria?
João Victor Granja
- Ele usa muito os trejeitos dele... Deixa eu pensar... Eu acho que ele precisa relaxar, ser mais calmo, menos estressado.

R7 - Você disse que curte a banda Rebeldes. Tem música preferida?
João Victor Granja
- Eu gosto de todas, mas a Rebelde para Sempre fica na minha cabeça. Quando eu estou parado e penso na banda, é a primeira coisa que vem à minha cabeça.

Espalhe por aí Enviar por e-mail Imprimir Comunicar erro
x

Envie para um amigo

ENVIAR
x

Comunicar erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Enviar
Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos entre em contato usando o Fale com o R7

DE SEGUNDA A SEXTA, ÀS 20H30