R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

31 de Julho de 2014

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Receitas e Dietas/Notícias

Icone de Receitas e Dietas Receitas e Dietas

publicado em 07/05/2010 às 10h06:

Dieta da papinha de bebê faz sucesso entre famosas

Lady Gaga, Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow e Madonna aderiram à onda

Helena Dias, do R7

Mais uma vez, Hollywood lançou moda para quem quer emagrecer: a dieta da papinha de bebê.

A novidade já contagiou o cardápio de famosas como Jennifer Aniston, Gwyneth Paltrow, Lady Gaga e Madonna. A fórmula é simples: a pessoa pode comer até 14 potes de papinha por dia, e fazer um jantar com outros alimentos pouco calóricos.

A nutricionista Solange Saavedra, gerente técnica do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul), conta que a dieta até pode ser eficaz, pois faz a pessoa fugir totalmente de seus hábitos alimentares. Para o organismo, isso pode refletir em um impacto frente à alimentação tradicional. 

A especialista acredita que, por ser mais um modismo divulgado por celebridades, essa dieta acaba chamando a atenção de pessoas que querem perder peso, geralmente em curto espaço de tempo. No entanto, há alguns malefícios.

Papinhas foram criadas para servir de transição na alimentação de bebês que estão saindo do aleitamento materno exclusivo e começam a descobrir outros alimentos. Adultos têm um organismo desenvolvido e precisam metabolizar diversos alimentos.

- No caso de quem que quer emagrecer, ao contrário do bebê, a pessoa deve explorar uma alimentação variada, de consistência firme, que exija uma boa mastigação.

As sopinhas prontas são combinações até balanceadas, mas para atender às necessidades nutricionais de bebês, e não de adultos. Outro ponto que chamou a atenção de Solange foi o fato de o cardápio ter sido elaborado por uma personal trainer.

- Esses profissionais são indicados para orientar atividade física de acordo com os hábitos de vida, biotipo, sexo e idade, e não para dar esse tipo de recomendação alimentar.

Solange aconselha, a quem quiser fazer esta dieta, que não passe de alguns dias ou, no máximo, uma semana.

- O resultado esperado até pode ser o que a pessoa queria, mas a dieta promove uma “desorientação alimentar”.

Esses alimentos são pobres em fibras e um cardápio de dieta ideal seria rico nesses nutrientes, que garantem uma boa digestão e promovem saciedade, fazendo com que a pessoa faça uma menor ingestão de alimentos.

A nutricionista Lucia Chahestian, também do Conselho Regional de Nutricionistas da 3ª Região (São Paulo e Mato Grosso do Sul), afirma que ao interromper a dieta, a pessoa retornará ao hábito alimentar anterior e terá grandes chances de recuperar o peso perdido.

Veja, abaixo, um vídeo sobre o tema.

 

 

Veja Relacionados:  dieta, papinha de bebê
dieta  papinha de bebê 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 

Topo

Você faria essa dieta?

(29) Comentários:


Você faria essa dieta?


Shopping