Entretenimento Academia avalia possível ação contra Will Smith por tapa na cerimônia do Oscar

Academia avalia possível ação contra Will Smith por tapa na cerimônia do Oscar

FILME-OSCAR-ACADEMIA-WILLSMITH:Academia avalia possível ação contra Will Smith por tapa na cerimônia do Oscar

Reuters - Entretenimento

Por Lisa Richwine

LOS ANGELES (Reuters) - Os organizadores do Oscar condenou nesta segunda-feira o tapa de Will Smith no apresentador Chris Rock durante a cerimônia do último domingo, e disse que havia começado uma revisão formal do incidente que ofuscou a noite de gala do cinema norte-americano.

Smith subiu ao palco durante a transmissão ao vivo e acertou Rock no rosto após o comediante fazer uma piada sobre a aparência da esposa de Smith. Menos de uma hora depois, Smith venceu o Oscar de melhor ator pelo seu papel em "King Richard - Criando Campeãs".

Em um comunicado nesta segunda-feira, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, com 9.900 membros, disse que "condena as ações do senhor Smith na cerimônia da noite passada".

"Começamos oficialmente uma revisão formal do incidente e vamos explorar ações futuras e consequências de acordo com nossos Estatutos, Padrões de Conduta e a lei da Califórnia”, acrescentou a academia.

A política de padrões de conduta do grupo afirma que é "categoricamente contra qualquer forma de abuso, assédio ou discriminação" e espera que seus membros defendam valores de "respeito pela dignidade humana, inclusão e um ambiente de apoio que fomenta a criatividade".

Violações podem resultar em suspensão ou expulsão do grupo, revogação de estatuetas concedidas ou perda de elegibilidade para futuras premiações, segundo a política.

É raro, mas não sem precedentes que a academia revogue a adesão de um membro. O produtor Harvey Weinstein foi expulso em 2017 após mais de três dúzias de mulheres o acusarem de assédio sexual. Bill Cosby e Roman Polanski foram expulsos em 2018.

(Reportagem de Lisa Richwine; Reportagem adicional de Daniel Trotta)

Últimas