R7 - Entretenimento

Buscar no site
Eu quero um e-mail @R7
Esqueci minha senha

27 de Maio de 2016

Você está aqui: Página Inicial/Entretenimento/Bichos/Notícias

Icone de Bichos Bichos

publicado em 27/02/2012 às 05h38:

Gui Pádua adota 15 cavalos e um burro abandonados

O ex-peão contou ao R7 como se envolveu com a proteção de animais

Do R7*


Publicidade

Recentemente, Gui Pádua, paraquedista e ex-participante de A Fazenda (Record), adotou 15 cavalos e um burro vítimas de maus-tratos sem nem conhecer os animais. Eles estavam sendo cuidados pelo PEA (Projeto Esperança Animal).

Após ler uma mensagem no Twitter do grupo de protetores Cavalo Livre contando as histórias dos animais, Gui se prontificou a adotar todos os bichinhos.

O R7 foi conversar com o paraquedista para saber mais sobre seu envolvimento com a proteção dos animais.

- Sempre gostei de bicho. Fui criado passando as férias na fazenda em Minas Gerais, e sempre aprendi com meu avô a lidar com cavalos, vacas, cachorros, gatos etc.

Veja Gui Pádua interagindo com seus animais na fazenda

Mural: Você adotaria animais sem nem conhecê-los antes?

Além de animais de grande porte, o ex-peão é apaixonado por pets. Ao todom, cuida de 23 bichos. Isso sem contar os que estão para chegar à fazenda.

Tem sete cachorros, sendo seis foram adotados, nove porcos (também seis adotados), sete cavalos (cinco adotados) e um potrinho. 

Sua paixão é tanta que não faz questão de ver os animais pessoalmente antes de levá-los para cuidar. 

- É amor. Eu tenho pasto em abundância em uma zona que eu reflorestei com 40 mil árvores nativas. No pasto, meu pai criava gado. Eu vendi tudo, porque não suporto criar algo para matar depois! Entã,  quero usar esse espaço em um projeto que eu tenha prazer, não só visando lucro como na época do meu pai.

O paraquedista tem ainda um projeto pessoal de adoção de animais de grande porte, chamado Amigo do Cavalo, que divulga amplamente no microblog. 

Mas não é fácil adotar bichos grandes no Brasil, reclama Pádua, que faz questão de revelar a falta de assistência por parte do poder público nessa tarefa.

- Adotei cavalos do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) de São Paulo, que também tem problema para transportar os animais. O custo da viagem de caminhão do CCZ até a minha fazenda custa R$ 2 mil. Se eu quiser comprar um cavalo na mesma região da minha propriedade, custará R$ 500. A conta nunca fecha! Só com apoio do governo mesmo!

*Colaborou Ana Luisa Zainaghi, estagiária do R7

Teste seus conhecimento sobre curiosidades do mundo animal no quiz abaixo! Depois, veja as respostas corretas.

 


 
Veja Relacionados:  Gui Pádua, animais, proteção
Gui Pádua  animais  proteção 
 
Espalhe por aí:
  • RSS
  • Flickr
  • Delicious
  • Twitter
  • Digg
  • Netvibes
  • Facebook
  • Google
 
 
 
 

Fechar
Comunicar Erro

Preencha os campos abaixo para informar o R7 sobre os erros encontrados nas nossas reportagens.

Para resolver dúvidas ou tratar de outros assuntos, entre em contato usando o Fale Com o R7
Mensagem enviada com Sucesso!Erro ao enviar mensagem, tente novamente!

 

 


Shopping