Entretenimento Cantor do BTS Jimin é hospitalizado por apendicite e testa positivo para Covid-19

Cantor do BTS Jimin é hospitalizado por apendicite e testa positivo para Covid-19

GENTE-BTS-JIMIN:Cantor do BTS Jimin é hospitalizado por apendicite e testa positivo para Covid-19

Reuters - Entretenimento

Por Josh Smith

SEUL (Reuters) - Jimin, cantor e dançarino do grupo de K-Pop BTS, testou positivo para coronavírus e também passou por uma cirurgia de apendicite aguda, informou sua agência de gestão Big Hit Music nesta segunda-feira.

Jimin, cujo nome completo é Park Ji-min, deu entrada no hospital no domingo depois de sofrer uma dor abdominal repentina e uma leve dor de garganta, disse a Big Hit Music em comunicado.

Ele testou positivo para o coronavírus e foi operado de apendicite nesta segunda-feira, acrescentou o comunicado.

“A cirurgia foi bem-sucedida e Jimin está se recuperando após o procedimento”, disse a Big Hit Music, acrescentando que ele estava tendo uma “recuperação rápida” de sua infecção por Covid-19.

Jimin, de 26 anos, é pelo menos o quarto membro do grupo de sete a testar positivo para o coronavírus.

O rapper RM, o vocalista Jin e o rapper Suga testaram positivo em dezembro, logo após o grupo retornar de uma série de shows ao vivo nos Estados Unidos.

Os shows nos EUA foram os primeiros do BTS no país desde 2019, quando excursionaram pela Ásia, Europa e América do Norte.

Desde sua estreia em 2013, o BTS liderou uma mania global do K-Pop com músicas e danças cativantes e otimistas, bem como letras e campanhas sociais destinadas a empoderar os jovens.

Últimas