Cinema e Séries Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia em set de filme

Alec Baldwin diz que não puxou gatilho de arma que matou diretora de fotografia em set de filme

Ator deu uma nova entrevista e revelou que se sente perseguido pela mídia; declarações vão contra relatório feito pelo FBI

Resumindo a Notícia

  • Alec Baldwin afirmou em nova entrevista que não puxou gatilho de arma
  • O caso no set de filmagens de 'Rust' matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins
  • Baldwin acusa a imprensa de distorcer informações e o perseguir após a morte
  • O ator, de 64 anos, diz que o revólver disparou mesmo sem puxar o gatilho
Em entrevista, Alec Baldwin negou novamente ter puxado gatilho de arma

Em entrevista, Alec Baldwin negou novamente ter puxado gatilho de arma

Montagem R7/Reprodução YouTube

Alec Baldwin voltou a falar sobre a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins no set de filmagens de Rust

O ator reafirmou ao canal The Chris Cuomo Project, no YouTube, que não puxou o gatilho da arma que matou Halyna e deixou o diretor Joel Souza ferido.

"As pessoas que estão falando em alto e bom som sobre o que aconteceu ou especulando não estavam no set de filmagens. Elas falam sem parar sobre "e se isso" ou "e se aquilo", desabafou o astro de 64 anos.

"[A mídia] se alimentou disso, e o que todas têm em comum é que nenhuma delas estava lá. E todos que estavam lá sabem exatamente o que aconteceu", completou ele. 

Baldwin ainda deu um exemplo de como acredita que a imprensa distorce a verdade em alguns casos: "Se a mãe de George Bush, Barbara, caísse em uma lagoa congelada e eu entrasse na água para salvar a vida dela, eles diriam que eu a apalpei. Eles diriam que apertei os seios dela enquanto a puxava para fora. Não importa o que você faça. Quem quer ir contra você irá contra você".

Durante a conversa, o ator ainda disse que a arma teria disparado sem que o gatilho fosse puxado: "Se você puxar o martelo para trás o suficiente, o martelo não trava, ele dispararia a bala sem você puxar o gatilho. Todo mundo que estava no set sabe o que aconteceu naquele dia, todos que estavam lá sabem o que aconteceu e de quem é a culpa", repetiu ele.

De acordo com um relatório pericial do FBI obtido pela ABC News, a arma no centro do caso não poderia ter disparado sem que o gatilho fosse puxado, se intacta e funcional. 

"O homem que é a principal autoridade de segurança no set de filmagens declarou que a arma era segura quando a entregou para mim", acrescentou Baldwin.

Últimas