Cinema e Séries Amber Riley se irrita com fãs que a chamam de Mercedes, de 'Glee'

Amber Riley se irrita com fãs que a chamam de Mercedes, de 'Glee'

Atriz fez desabafo nas redes sociais e disse que, apesar de amar a série, odeia que as pessoas a reduzam a um único papel 

No Twitter, Amber Riley se mostrou irritada com alguns fãs

No Twitter, Amber Riley se mostrou irritada com alguns fãs

Montagem R7/Reprodução Instagram

A atriz Amber Riley usou as redes sociais para fazer um desabafo a respeito de algo que a tem incomodado bastante. 

Conhecida por sua participação na série musical Glee, ela revelou não gostar de ser chamada pelo nome de sua personagem, Mercedes Jones. 

"Eu odeio quando as pessoas me chamam de Mercedes. Tenham respeito pelo meu nome. Me chamem de Amber ou de Riley", começou ela em seu texto.

"Não estou fazendo nenhuma crítica ao programa ou à personagem que me deram uma carreira, mas as pessoas precisam parar com isso. Eu não respondo dessa forma, e, se você fizer isso de maneira maliciosa, vou te bloquear", avisou a estrela de 35 anos. 

Atuando em diversas produções nos palcos e na TV, como Em Busca da Fama, Crazy Ex-Girlfriend, Uma Irmã Nada Perfeita, O Mágico Inesquecível ao Vivo! e The Little Mermaid Live!, ela pediu mais respeito: "Eu fiz muitas coisas na minha carreira para ser reduzida a um papel. Se você respeita os trabalhos que fiz ou não, eu não me importo, mas ter decência humana básica é reconhecer que sou uma pessoa e usar meu nome verdadeiro. Limites". 

Um fã então, em tom de brincadeira, quis saber se ela ao menos está ciente de que a versão de River Deep, Mountain High, de Ike & Tina Turner, cantada por ela e por Naya Rivera em Glee, estava bombando no aplicativo de vídeos TikTok: "Eu vi [a trend] e todos estão fazendo a dancinha errada [risos]. Mas eu amei! Talvez eu tenha que entrar na onda. Lembro daquele dia, eu me diverti demais". 

Para finalizar, ela agradeceu aos fãs pela compreensão: "Eu amo vocês por respeitarem o que eu tenho a dizer. É sempre amor, e eu agradeço o apoio".

Últimas