Cinema e Séries Após acusações de canibalismo, Armie Hammer deixa filme com J.Lo

Após acusações de canibalismo, Armie Hammer deixa filme com J.Lo

Em entrevista, o ator disse que não vai comentar tais acusações e que não vai deixar os filhos para rodar o filme 'Shotgun Wedding'

Resumindo a Notícia

  • Ator Armie Hammer teve seu nome envolvido em uma polêmica
  • Em supostas mensagens, divulgadas na internet, o artista assume ser canibal
  • Ele disse que não vai comentar essas 'besteiras'
  • Hammer afirmou que não vai deixar seus filhos no momento para estrelas um filme
Armie Hammer está sendo acusado de canibalismo

Armie Hammer está sendo acusado de canibalismo

Reprodução/Instagram

Após ser acusado de canibalismo por suposta conversa, o ator Armie Hammer revelou ao TMZ que deixou o filme Shotgun Wedding, que contracenaria com Jennifer Lopez, por conta das polêmicas envolvendo o seu nome.

Questionado pelo TMZ sobre as acusações de canibalismo, o artista disse que não vai se manifestar sobre o assunto. "Não estou respondendo a essas declarações porque são besteiras. Mas, por conta desses ataques perversos que tenho recebido, não posso, em sã consciência agora, deixar meus filhos por 4 meses para rodar um filme na República Dominicana", disse ele, sem afirmar que foi demitido da superprodução.

"A Lionsgate (produtora de filmes) está me apoiando nisso e sou grato a eles por isso", completou ele.

Na última segunda-feira (11), o nome do ator viralizou nas redes sociais após supostas mensagens que ele teria trocado com uma mulher circularem no Twitter.

Na suposta conversa, Armie assume ser canibal: "Excitado ao pensar em segurar seu coração na minha mão, controlando quando ele bate. Eu sou 100% canibal, quero comer você".

Nos prints, o ator de 34 anos ainda continua: "É assustador admitir isso. Nunca admiti antes. Eu já tirei o coração de um animal vivo e comi enquanto estava quente".

As supostas conversas chocaram os internautas, mas ainda circulam dúvidas sobre a veracidade das mensagens.

Últimas