Ator Christopher Plummer morre aos 91 anos

Intérprete do Capitão Von Trapp, em 'A Noviça Rebelde', foi o ator mais velho a receber um Oscar por 'Toda Forma de Amor'

Christopher Plummer morreu aos 91 anos de causas naturais

Christopher Plummer morreu aos 91 anos de causas naturais

Mario Anzuoni/Reuters

O ator Christopher Plummer morreu, nesta sexta-feira (5), aos 91 anos. A informação foi confirmada pelos empresários do artista ao The Hollywood Reporter e, segundo o portal, ele morreu de causas naturais e "cercado" da família.

"Chris era um homem extraordinário, que amava profundamente e respeitava sua profissão. Por meio de sua arte e humanidade, ele tocou todos os nossos corações e sua vida lendária durará por todas as gerações. Ele estará para sempre conosco", diz parte do comunicado divulgado pelos representes do ator.

A atriz Julie Andrews lamentou a morte do amigo e parceiro de trabalho. "Eu guardo as memórias de nosso trabalho juntos e todo o humor e diversão que compartilhamos ao longo dos anos", disse a veterana ao ABC News.

Plummer nasceu em Toronto, no Canadá, e, com 75 anos anos de carreira, coleciona filmes de sucesso no currículo. Em A Noviça Rebelde (1965), interpretou o Capitão Von Trapp; também esteve no elenco de Uma Mente Brilhante (2001), como o personagem Dr. Rosen; e no longa Entre Facas e Segredos (2019), no papel de Harlan Thrombey.

Na pele de Hal Fields, em Toda Forma de Amor, Plummer ganhou o Oscar 2012 de Melhor Ator Coadjuvante. Na ocasião, com 82 anos, ele se tornou o ator mais velho a receber a premiação. Antes disso, ele já tinha sido indicado em 2009, pela atuação em A Última Estação.

Em 2017, Plummer foi lembrado pela academia novamente por Todo o Dinheiro do Mundo e, aos 88 anos, se tornou o ator mais velho a ser indicado a um Oscar.

Últimas