Cinema e Séries Atriz de La Casa de Papel conhece Carlinhos Brown e elogia: 'Sorte'

Atriz de La Casa de Papel conhece Carlinhos Brown e elogia: 'Sorte'

'Encontro' dos artistas foi pro meio de live nas redes sociais e encantou Itziar Ituño, que interpreta a inspetora Raquel na série 

Carlinhos e Itziar em live na web

Carlinhos e Itziar em live na web

Reprodução/Instagram

"Às vezes a vida conspira e oferece momentos inesquecíveis". Foi assim que Itziar Ituño, que interpreta a inspetora Raquel na série La Casa de Papel, da Netflix, começou um extenso texto que escreveu ao conhecer o músico Carlinhos Brown.

Veja também: 'La Casa de Papel' volta com troca de casais, traições e lágrimas

Os artistas se 'encontraram' pela primeira vez por meio de uma live nas redes sociais, na última sexta-feira (15), na qual conversaram e cantaram. A atriz, que é espanhola, se mostrou encantada pelo brasileiro e, no Instagram, compartilhou uma imagem da videoconferência com uma mensagem cheia de elogios. Detalhe: em português.

"Ontem tive a sorte de conhecer esse homem feliz, simples e próximo, com um coração tão grande, um músico excepcional e generoso com sua arte, orgulho de suas raízes africanas e comprometido de corpo e alma com o sofrimento de outros, que sabe que a arte é capaz de mudar o mundo", escreveu. "Que ele nunca se esqueça do bairro em que vive, enchendo-o de alegria, música e oportunidades para os humildes, para quem não tem jeito, quem não tem nada."

E mais: Elenco de 'La Casa de Papel' revela como é se ouvir em outras linguas

Itziar ainda agradeceu ao músico por tê-la ensinado a tocar um instrumento bem conhecido dos brasileiros: o pandeiro.

"Antônio Carlos Santos de Freitas, Carlinhos Brown, o 'milagre do Candeal' é você! um abraço do outro lado do Atlântico e muito obrigada por me ensinar também a tocar o padero brasileiro", concluiu.

Os fãs foram à loucura com a homenagem da espanhola e deixaram milhares de comentários na publicação. "Meu Deus! A legenda em português! Você quer me matar de amor???", disse uma internauta do Brasil. "Quando tudo isso passar poderia vir ao Brasil", convidou outra.

Confira:

Últimas