Audiência televisiva do Oscar tem queda histórica em 2020

Foi a pior audiência televisiva de todos os tempos para a maior premiação da indústria cinematográfica

Parasita fez história, mas Oscar teve audiência ruim

Parasita fez história, mas Oscar teve audiência ruim

Lucas Jackson/Reuters

A audiência televisiva da transmissão da premiação do Oscar de 2020 nos Estados Unidos caiu para uma mínima histórica na cerimônia marcada pelas vitórias da sátira sul-coreana Parasita, mas que foi criticada por especialistas como longa e aleatória. 

A audiência da transmissão de domingo pelo canal ABC, de propriedade da Walt Disney Co caiu 20% em relação à do ano passado para uma média de 23,6 milhões de espectadores, de acordo com dados da Nielsen publicados nesta segunda-feira.

Foi a pior audiência televisiva de todos os tempos para a maior premiação da indústria cinematográfica, pior que a mínima histórica anterior de 26,5 milhões em 2018. 

Parasita fez história ao se tornar o primeiro filme de língua não-inglesa a vencer o prêmio de melhor filme, batendo favoritos de bilheteria como Coringa e Era uma vez... em Hollywood. Os atores Joaquin Phoenix e Brad Pitt conquistaram os prêmios de Melhor Ator e Melhor Ator Coadjuvante, respectivamente. 

A premiação, que durou 3 horas e meia, foi realizada sem um apresentador pelo segundo ano consecutivo e foi duramente criticada por momentos aleatórios, inconsistências e uma apresentação surpreendente e intrigante do rapper Eminem, que cantou uma música de 17 anos atrás.