Coronavírus: lançamento de novo filme de James Bond é adiado

Fãs escreveram aos estúdios para pedir que o lançamento seja adiado por causa do receio de que os cinemas estejam fechados na ocasião

Franquia James Bond é uma das mais lucrativas do mundo

Franquia James Bond é uma das mais lucrativas do mundo

Ginnette Riquelme/Reuters

O lançamento mundial do novo filme de James Bond, "007 – Sem Tempo para Morrer", será adiado em sete meses, disseram seus produtores, devido aos transtornos do coronavírus.

A estreia da última atuação de Daniel Craig como 007 será adiada do início de abril para novembro.

O intervalo veio depois que dois sites de fãs de James Bond escreveram aos estúdios por trás do filme para pedir que o lançamento seja adiado por causa do receio de que os cinemas estejam fechados na ocasião.

Os fundadores do MI6 Confidential e do The James Bond Dossier publicaram uma carta aberta que ainda disse que a estreia mundial de "Sem Tempo para Morrer", planejada para 31 de março em Londres com 5 mil espectadores, pode ser problemática.

"Após uma ponderação cuidadosa e uma avaliação minuciosa do mercado global de cinemas, o lançamento de 'Sem Tempo para Morrer' será adiado até novembro de 2020", informou uma publicação na conta oficial de Twitter de James Bond, que não fez nenhuma referência específica ao vírus.

A postagem disse que o filme será lançado no Reino Unido no dia 12 de novembro e no restante do mundo, incluindo os Estados Unidos, em 25 de novembro.

A estreia mundial do filme deveria acontecer no Royal Albert Hall de Londres.

A franquia James Bond é uma das mais lucrativas do mundo – "007 contra Spectre", de 2015, arrecadou 880 milhões de dólares nas bilheterias de todo o mundo, e "007 – Operação Skyfall", de 2012, mais de um bilhão globalmente.

"Sem Tempo para Morrer" foi filmado em Londres, na Itália e na Noruega e dirigido por Cary Fukunaga.