Cinema e Séries Diretora morta por Baldwin era da Ucrânia e estudou cinema nos EUA

Diretora morta por Baldwin era da Ucrânia e estudou cinema nos EUA

Halyna Hutchins trabalhou em filmes como Archenemy (2020), com Joe Manganiello, Blindfire (2020) e The Mad Hatter (2021)

  • Cinema e Séries | Do R7, com Agência Estado

Halyna Hutchins trabalhou em 'Archenemy' (2020), 'Blindfire' (2020) e 'The Mad Hatter' (2021)

Halyna Hutchins trabalhou em 'Archenemy' (2020), 'Blindfire' (2020) e 'The Mad Hatter' (2021)

Reuters

A diretora de fotografia Halyna Hutchins, que morreu, na quinta-feira (21), durante as gravações do filme Rust, depois de um disparo acidental de uma arma cenográfica pelo ator Alec Baldwin, estava com 42 anos.

De acordo com informações do site da cineasta, Hutchins nasceu na Ucrânia e cresceu em uma base militar soviética no Circulo Polar Ártico.

Veja: Alec Baldwin fala pela 1ª vez sobre morte de diretora: 'Tristeza'

Antes de trabalhar no cinema, formação que conseguiu em Los Angeles, nos Estados Unidos, ela estudou jornalismo na Universidade Nacional de Kiev, no país de origem, e chegou a trabalhar como jornalista investigativa em produções documentais na Europa.

Já na função de diretora de fotografia, Hutchins trabalhou em filmes como Archenemy (2020), com Joe Manganiello, Blindfire (2020) e The Mad Hatter (2021).

Últimas