Cinema e Séries Ex-funcionários da Cinemateca dizem que a perda é irreparável 

Ex-funcionários da Cinemateca dizem que a perda é irreparável 

Nas redes sociais, os ex-trabalhadores da instituição postaram um manifesto devido ao incêndio na unidade da Vila Leopoldina

Ex-funcionários da Cinemateca Brasileira reagem ao incêndio nas redes sociais

Ex-funcionários da Cinemateca Brasileira reagem ao incêndio nas redes sociais

Ronaldo Silva/Furtura Press/Estadão Conteúdo

Os ex-funcionário da Cinemateca Brasileira usaram as redes sociais para compartilhar um manifesto devido ao incêndio que aconteceu na noite da última quinta-feira (30) na unidade da Vila Leopoldina

Por meio do perfil S.O.S. Cinemateca, os trabalhadores se posicionaram sobre a consequências do fogo. "Culminou na perda irreparável de inúmeras obras e documentos da história do cinema brasileiro", escreveram. 

"Essas instalações são parte fundamental e complementar em relação ao espaço da Vila Clementino, onde se encontra armazenada a maior parte do acervo da Cinemateca Brasileira", continuaram. 

"Em fevereiro de 2020, uma enchente já havia afetado grande parte do acervo documental e audiovisual lá depositado", lembraram os ex-funcionários. 

Veja a publicação:

Últimas