Cinema e Séries Festival de Cinema Latino-Americano tem cem filmes grátis em SP

Festival de Cinema Latino-Americano tem cem filmes grátis em SP

9ª edição homenageia Leandra Leal, Silvio Tendler, Pablo Trapero e Martina Gusmán

Festival de Cinema Latino-Americano tem cem filmes grátis em SP

Leandra Leal, em cena do filme Éden, trajetória da atriz no cinema será tema de mostra especial no Festlatino SP

Leandra Leal, em cena do filme Éden, trajetória da atriz no cinema será tema de mostra especial no Festlatino SP

Divulgação

O Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo chega à sua 9ª edição, que será realizada entre 24 e 30 de julho, com mais de 100 filmes de 15 países da América Latina e do Caribe.
 

Argentino Pablo Trapero será homenageado em São Paulo

Argentino Pablo Trapero será homenageado em São Paulo

Divulgação

Na programação, retrospectivas de filmes e homenagens ao cineasta e produtor argentino Pablo Trapero, à atriz e produtora argentina Martina Gusmán, ao cineasta brasileiro Silvio Tendler e à atriz e produtora Leandra Leal. Todos estarão presentes no evento.

A programação é inteiramente gratuita e acontece no Memorial da América Latina, Cinesesc, Cine Olido, Centro Cultural São Paulo e Cinemateca Brasileira, todos na cidade de São Paulo.

Trapero dirigiu filmes como Família Rodante (2004), Leonera (2008), Abutres (2010) e Elefante Branco (2012), todos exibidos no festival. Já Martina é casada com Trapero e sua sócia na Matanza Cine, uma das principais produtoras do novo cinema argentino. Ela foi protagonista de filmes como Abutres, Família Rodante e Elefante Branco.
 

Silvio Tendler também será homenageado

Silvio Tendler também será homenageado

Divulgação

Já SilvioTendler é um dos principais documentaristas do Brasil e já realizou mais de 30 filmes. É membro fundador da Fundação do Novo Cinema Latino-Americano e do Comitê de Cineastas da América Latina. Responde por algumas das maiores bilheterias do cinema documental brasileiro, como Os Anos JK - Uma Trajetória Política (1980) e Jango (1984) – o primeiro, visto por 800 mil espectadores, o último, por mais de um milhão de pessoas.

Os dois longas-metragens estão programados na homenagem, assim como produções mais recentes: Marighella – Retrato Falado do Guerrilheiro (2001), Glauber o Filme, Labirinto do Brasil (2003, exibido no Festival de Cannes), Utopia e Barbárie (2005), Encontro com Milton Santos: O Mundo Global Visto do Lado de Cá (2006, prêmio do público no Festival de Brasília), Há Muitas Noites na Noite - Poema Sujo Ferreira Gullar (2010) e O Veneno Está na Mesa (2011).

Atriz conhecida da televisão, Leandra Leal é neta do produtor cultural Américo Leal e filha da atriz Ângela Leal. A carioca iniciou sua carreira como atriz no teatro aos sete anos de idade e na televisão um ano mais tarde. Foi revelada no cinema aos 13 anos por Walter Lima Jr. em A Ostra e O Vento (1997), longa pelo qual foi premiada nacional e internacionalmente e incluído na homenagem preparada pelo 9° Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo.

Também estão presentes dois importantes marcos de sua carreira cinematográfica: Nome Próprio (2007), que o diretor Murilo Salles adaptou do livro Máquina de Pinball, de Clara Averbuck e pelo qual a atriz foi premiada no Festival de Gramado, e O Lobo Atrás da Porta (2013), de Fernando Coimbra, filme vencedor do Festival do Rio e premiado nos Estados Unidos, Cuba e Espanha. Recentemente, Leandra Leal também atua como produtora cinematográfica.

9º Festival de Cinema Latino-Americano de São Paulo
Quando: 24 a 30 de julho de 2014
Quanto: grátis
Onde: Memorial da América Latina, Cinesesc, Cine Olido, Centro Cultural São Paulo, Cinemateca Brasileira.