Cinema e Séries Gisele Bündchen pediu para não ser modelo em 'O Diabo Veste Prada'

Gisele Bündchen pediu para não ser modelo em 'O Diabo Veste Prada'

Top revelou detalhes sobre como surgiu a ideia de sua participação no filme de sucesso, que completa 15 anos em setembro

Resumindo a Notícia

  • Gisele Bündchen revelou curiosidades sobre sua participação em 'O Diabo Veste Prada'
  • O filme com Meryl Streep e Anne Hathaway fez muito sucesso e completa 15 anos em 2021
  • Gisele contou que aceitou participar do filme se não fosse interpretar uma modelo
  • Ela disse que as atrizes do filme foram muito gentis e a ajudaram nas gravações
Em cena de 'O Diabo Veste Prada', Gisele Bündchen contracena com Emily Blunt

Em cena de 'O Diabo Veste Prada', Gisele Bündchen contracena com Emily Blunt

Divulgação/20th Century Studios

Gisele Bündchen é um dos maiores nomes do mundo da moda, mas também já se aventurou em outras áreas, como o cinema. 

Em 2006, ela fez uma participação especial em O Diabo Veste Prada, sucesso protagonizado por Anne Hathaway e Meryl Streep. 

No filme, Gisele vive uma das assistentes da revista Runway, chamada Serena. Em entrevista recente para a Entertaiment Weekly, Gisele revelou que sua participação surgiu quando foi abordada no aeroporto pela roteirista Aline Brosh McKenna, quando as duas pegaram o mesmo voo, de Nova York para Los Angeles. 

Aline disse que escreveria qualquer papel para ter Gisele no filme. "Eu não sou exatamente uma atriz. Eu disse que participaria, mas que não queria interpretar uma modelo. Eu não queria interpretar a mim mesma. Eu sou modelo por profissão, não é quem eu sou", contou a top. 

Gisele revelou como foi sua experiência no filme: "Eu só estive no set por um dia, mas Meryl Streep, Anne Hathaway, Emily Blunt... qual é! Está um pouco fora do meu alcance, não sei o que estou fazendo. Elas foram tão acolhedoras e doces comigo. Eu era apenas uma intrusa que apareceu do nada. Elas me deixaram confortável, eu estava nervosa. São as melhores atrizes do mundo e eu não sei como atuar". 

Com poucas falas, Gisele conseguiu até improvisar e agradou à equipe do filme: "Eu gravei minha cena talvez em duas ou três horas. Eu acrescentei uma fala, porque pareceu natural para mim, e entrou na versão final do filme". 

A top também comentou sobre a chefe linha dura Miranda Priestly, interpretada por Meryl Streep, ser inspirada em Anna Wintour, editora da revista Vogue: "Eu acho que as pessoas sabiam que um filme sobre a Anna seria feito, mas não acho que sabiam exatamente como o filme seria. Era definitivamente algo que as pessoas estavam falando, estavam curiosas sobre isso. Eu acho que ela amou o filme. Quer dizer, eu ficaria feliz se Meryl Streep me interpretasse". 

Emma Stone fala sobre interpretar a vilã Cruella em filme. Veja abaixo a entrevista!

Últimas