Harvey Weinstein é diagnosticado com coronavírus na prisão

O produtor e magnata do cinema está encarcerado desde a última quarta-feira, após ser considerado culpado em acusações de assédio sexual

Produtor está preso desde a última quarta-feira

Produtor está preso desde a última quarta-feira

Getty Images

Preso desde a última quarta-feira (18), Harvey Weinstein foi diagnosticado com o novo coronavírus. Segundo o site norte-americano Deadline, um carcereiro da prisão de segurança máxima em que ele está confirmou a doença e disse que agora ele será colocado em uma quarentena.

Apesar da confirmação desta fonte, o Departamento Penitenciário do Estado de Nova York disse não poder comentar o assunto, pois existe uma proibição sobre revelar detalhes do prontuário médico de detentos.

A equipe do produtor, por outro lado, disse não saber a verdade sobre o estado de saúde de Weinstein no momento. 

Condenado por múltiplos assédios sexuais, o magnata do cinema de 67 anos está na Wende Correctional Facility, em Alden, a leste da cidade Buffalo, desde o dia 18. Ao ser sentenciado, ele foi levado inicialmente para a Rikers Island, mas ao apresentar problemas cardíacos, acabou sendo transferido.

Centenas de mulheres acusam o produtor de conduta sexual imprópria, assédio e estupro. Weinstein, que enfrentará pena de 23 anos de prisão, também responderá pelo mesmo tipo de acusações na corte de Los Angeles.