Cinema e Séries Morre cineasta Paulo Thiago, aos 75 anos, no Rio de Janeiro 

Morre cineasta Paulo Thiago, aos 75 anos, no Rio de Janeiro 

Mineiro estava internado no Hospital Samaritano, na zona sul da capital fluminense, desde o último dia 7 de maio

Cineasta deixa a mulher, Gláucia Camargos e os filhos, Pedro Antônio e Paulo Francisco

Cineasta deixa a mulher, Gláucia Camargos e os filhos, Pedro Antônio e Paulo Francisco

Reprodução

Paulo Thiago Ferreira Paes de Oliveira morreu, neste sábado (5), aos 75 anos, no Rio de Janeiro. O cineasta estava internado no Hospital Samaritano, na zona sul da capital fluminense, desde o dia 7 de maio. A informação foi confirmada pela assessoria da unidade médica. 

"O hospital Samaritano Botafogo confirma o óbito do cineasta Paulo Thiago Ferreira Paes de Oliveira, às 5h41 do dia 5 de junho de 2021, em decorrência de falência múltipla dos órgãos", informa o comunicado oficial divulgado à imprensa. 

O cineasta deixa a mulher, Gláucia Camargos e os filhos, Pedro Antônio e Paulo Francisco. O corpo dele será velado em cerimônia restrita apenas para os familiares, por conta da pandemia de covid-19.

Paulo nasceu em 8 de outubro de 1945, em Aimorés, Minas Gerais. Com apenas cinco anos, ele se mudou para o Rio de Janeiro. Adulto, chegou a cursar faculdade de economia e sociologia política, pela PUC (Pontifícia Universidade Católica). Entretanto, o cineasta nunca esqueceu a paixão pela leitura e o cinema. 

O diretor foi responsável por produções como Vagas para moças de fino trato (1993), Policarpo Quaresma, herói do Brasil (1997) e, também, Sagarana, o Duelo (1974), produção que chegou a representar o Brasil na disputa oficial do Festival de Berlim.

Últimas