Cinema e Séries Tragédia no set: família de mulher morta processa Alec Baldwin

Tragédia no set: família de mulher morta processa Alec Baldwin

O advogado alegou que o ator e outros produtores incorreram em 'conduta imprudente e medidas para reduzir custos'

AFP
Família de diretora morta em set entrou com processo contra Alec Baldwin

Família de diretora morta em set entrou com processo contra Alec Baldwin

Shutterstock/The Grosby Group

A família da mulher morta no set do filme Rust processou, nesta terça-feira (15), o ator Alec Baldwin, que portava a arma que fez o disparo, alegando homicídio culposo.

Baldwin ensaiava em um set do Novo México em outubro com um revólver junto de Halyna Hutchins, a diretora de fotografia do filme, quando ocorreu o disparo que a feriu mortalmente.

Durante coletiva de imprensa, nesta terça, o advogado Brian Parnish argumentou que Baldwin e outros produtores do western incorreram em "conduta imprudente e medidas para reduzir custos", resultando na morte de Hutchins.

No dia 21 de outubro de 2021, Alec Baldwin disparou uma arma cenográfica que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins, de 42 anos, nas filmagens de Rust, no estado americano do Novo México. 

O disparo acidental da arma cenográfica ainda deixou o diretor Joel Souza, de 48 anos, ferido. O episódio causou comoção em Hollywood e repercutiu em todo o mundo.

Alec Baldwin: tudo o que já se sabe sobre o tiro que matou diretora

Últimas