Weinstein vai ao hospital um dia após condenação por crimes sexuais

O ex-produtor de cinema permanecia em um hospital de Manhattan na terça-feira (25), um dia após ser condenado por assédio sexual e estupro

Weintein foi condenado por dois crimes

Weintein foi condenado por dois crimes

Lucas Jackson/Reuters

O ex-produtor de cinema Harvey Weinstein permanecia em um hospital de Manhattan nesta terça-feira, um dia após ser condenado por assédio sexual e estupro.

O ex-produtor de cinema estava a caminho do complexo penitenciário de Rikers Island quando um médico decidiu que ele deveria ser internado no hospital Bellevue Hospital, a alguns quilômetros de distância, disse o porta voz Juda Engelmayer said.

Weinstein, de 67 anos, recebeu medicações no hospital, onde estava internado devido à “medidas de precaução” e sofre de diabetes e pressão alta, segundo o porta-voz.

Não ficou imediatamente claro quando Weinstein será enviado à prisão.

Weinstein foi condenado por assediar sexualmente a ex-assistente de produção Mimi Haleyi em 2006 e estuprar a ex-atriz aspirante Jessica Mann em 2013.

O veredito foi um marco para o movimento #MeToo, que o caso Weinstein impulsionou no fim de 2017, inspirando mulheres a acusar centenas de homens poderosos da indústria do entretenimento, negócios, mídia, política e outras áreas por assédio sexual.

Weinstein enfrenta até 29 anos de prisão e deve receber sua sentença em 11 de março. Seus advogados disseram que ele irá apelar.

O júri absolveu Weinstein das duas maiores acusações de comportamento sexual predatório, que acarretariam em sentenças de prisão perpétua.