Zé Ramalho relembra participação de Zé do Caixão em capa de disco

O cantor, que chegou a morar na casa do cineasta após separação, no início da década de 1980, exaltou amizade em publicação nas redes sociais 

Ramalho publicou homenagem ao amigo no Instagram

Reprodução

Zé Ramalho relembrou a participação de Zé do Caixão na capa do álbum A Peleja do Diabo com o Dono do Céu (1981), em homenagem ao amigo, morto nesta quarta-feira (19), após complicações provocadas por uma broncopeneumonia

No Instagram, o cantor lamentou a notícia e, ainda, exaltou as qualidade artísticas do cineasta — considerado o 'pai' do terror nacional. 

"Meus sentimentos pela morte de José Mogica Marins (Zé do Caixão), gênio do cinema nacional, meu amigo e inspirador", escreveu na rede social. 

Veja também: Famosos lamentam morte de cineasta

A participação do diretor na capa do disco A Peleja do Diabo com o Dono do Céu, lançado em 1981, representa um dos episódios mais marcantes da amizade entre os dois. Em entrevista à Zé do Caixão, no Canal Brasil, Ramalho relembrou que, sem lugar para morar, chegou a ser acolhido pelo cineasta até que conseguisse se estabilizar no Rio de Janeiro. 

Relembre a trajetória do "pai" do terror nacional